• Notícias
  • 28/06/2017

    BENEFÍCIOS DO PILATES PARA GESTANTE

    Durante a gravidez muitas mulheres se perguntam se podem praticar Pilates e a resposta é SIM!! Desde o primeiro trimestre a grávida poderá realizar com aval do obstetra e os exercícios serão realizados de acordo com cada trimestre. Na gestação o pilates ajuda a: suportar melhor o peso da barriga, combate o inchaço, melhora a relação do equilíbrio corporal, pode facilitar o nascimento no parto normal, melhora a força no assoalho pélvico, combate a dor e o desconforto nas costas e ainda contribui para o controle do peso e o ganho de força dos braços, tão importante para cuidar do bebê! São tantos benefícios que o pilates não só pode como deve ser praticado na gestação, por isso grávidas, vocês também podem ser pilateiras, o corpo e a saúde agradecem!! Entre em contato e agende uma avaliação, temos atendimento especializado para você.

    Fonte:



    07/06/2017

    Escoliose

    A escoliose é uma curvatura lateral da coluna vertebral. Ela pode se apresentar em C ou em S. A escoliose atinge até 3% da população, e pode ser idiopática (sem causa aparente), congênita, neuromuscular ou ainda secundária (por consequência de outra patologia). Algumas alterações físicas podem indicar a presença da escoliose, como: um ombro mais alto que o outro, um quadril mais alto que o outro e a cintura desigual. A escoliose pode ou não vir acompanhada de dor, e dependendo da causa e do grau poderá ter tratamento conservador ou cirúrgico. O objetivo do trabalho com o Pilates em um tratamento da escoliose, será evitar a evolução da deformidade, diminuir a escoliose se é funcional, dar mobilidade, flexibilidade, desrotacionar a coluna no sentido corretor da escoliose, manter a posição de correção com fortalecimento muscular e funcionalidade da coluna vertebral, melhorando assim a postura de uma forma geral. Esta melhora poderá ser observada através de acompanhamento radiográfico. Por ser um método voltado para a melhora da postura, que trabalha o corpo de uma global e dinâmica , o pilates é uma opção no tratamento conservador da escoliose, é tem-se mostrado muito eficiente. Ficou com dúvidas? Entre em contato e agende uma avaliação.

    Fonte:


    17/05/2017

    Dor no pescoço tem solução? Saiba mais sobre as cervicalgias, e faça as escolhas corretas.

    A má postura gerada pela vida moderna, com o uso de celulares (como mostrado na foto abaixo), uso de computadores e até mesmo o sedentarismo vem aumentando a incidência de dor na coluna cervical, também chamada de dor no pescoço, cervicalgia ou até torcicolo. A cervicalgia poderá ser ocasionada por uma má postura, onde o desequilíbrio global gera tensão muscular e sobrecarga articular, ou ainda por patologias como: contraturas musculares (torcicolo), espondilose cervical (desgaste osteo-articular/artrose), estenose cervical (estreitamento do canal para os nervos/raízes), hérnia de disco cervical (deslocamento do disco do seu espaço habitual), doenças reumatológicas entre outras. Muitas vezes a cervicalgia leva á cefaleia (dor de cabeça). A boa postura constante nem sempre é fácil de ser mantida, por isso buscar uma atividade postural, como o pilates, que nos dê recursos como força, flexibilidade, força nos músculos estabilizadores e consciência corporal, nos ajuda a termos e mantermos uma postura ideal. O pilates é indicado para pessoas que tenham esse tipo de problema, o resultado é muito eficaz na melhora dos sintomas citados acima. É importante que o profissional do pilates esteja apto a a atender este tipo de cliente/paciente. Para fazer uma boa escolha informe-se sobre a formação de nível superior do profissional, a experiência, os cursos que já realizou na área do pilates, enfim, assegure-se de que o método promoverá muitos benefícios no seu corpo, com a aplicação de qualidade. Ficou com dúvidas? Gostaria de saber mais sobre a cervicalgia ou o pilates? Entre em contato conosco, temos mais de 10 anos em experiência com pilates, equipe composta por fisioterapeutas, acompanhamento postural por foto. Telefone: (16) 3336-2717 WhatsApp: (16) 99752-2717

    Fonte:


    08/03/2017

    Dia Internacional da Mulher

    Cada mulher é única e merece importância especial para deixar esse dia mais feliz. Delicadeza que inspira. Força que transforma. Parabéns pelo seu dia! 👏🏻😘

    Fonte:


    08/03/2017

    Pilates Solo

    A prática de mat Pilates se baseia em exercícios sem ajuda de molas, cama e outros recursos que auxiliam a prática dos movimentos, esse método depende única e exclusivamente da força do próprio corpo para realizar os exercícios. Exercícios no solo costumam exigir mais esforço e trazem resultados mais rápidos. A lista é longa: consciência corporal, ajuste da postura, melhora da respiração, tonificação dos músculos, mais equilíbrio e coordenação. E esses são só alguns dos benefícios que o pilates traz para seu corpo.

    Fonte:


    16/02/2017

    Psicóloga na Transformare

    A Equipe Transformare está crescendo! Agora contamos com a presença da Psicóloga Ana Beatriz Paschoalato Di Nardo, Bacharela Especial em pesquisa pelo Departamento de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP). Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da FFCLRP-USP. Especialização em teorias e técnicas psicanalíticas em andamento pelo Instituto de Estudos Psicanalíticos de Ribeirão Preto (IEP-RP). Atua principalmente na área de Psicologia clínica, com seguintes temáticas: Psicanálise, atendimento infantil e familiar.

    Fonte:


    16/02/2017

    Nutrição na Transformare

    A equipe Transformare está crescendo! Agora contamos com a presença da nutricionista Priscila Peixoto Baptista, formada há 9 anos com foco na reeducação alimentar, mudanças de hábitos e estilo de vida. Especialista em obesidade, emagrecimento e nutricionista esportiva funcional. A nutrição funcional é uma maneira dinâmica de abordar, previnir e tratar desordens crônicas complexas atrás da detecção e correção dos desequilíbrios que geram doenças.

    Fonte:


    10/02/2017

    Pilates na 3º idade!

    Fonte:


    20/09/2016

    Estar presente e não distraído

    “É estar presente e não distraído”. Quem nunca leu ou ouviu esta frase do nosso querido Joseph Pilates? Mas o que isso realmente quer dizer? Sempre ouvimos que o método Pilates melhora a consciência corporal e isso realmente acontece, mas não é tão simples como parece. Não basta só ir até o estúdio, é preciso ESTAR PRESENTE! Como assim? A consciência corporal pode ser entendida como ter total percepção do funcionamento do corpo e isso significa conhecer-se, ter capacidade de reconhecer os sinais internos e externos que o nosso físico nos envia a cada segundo, ter dimensão de cada segmento do corpo no espaço, de cada movimento, de cada gesto… Isso quer dizer que toda nossa estrutura corporal está inclusa nos processos cognitivos, que ela responde a memórias que são acionadas através dos sentidos e que a consciência deve estar presente durante nossas ações, inclusive as mecânicas. As aulas de Pilates, dependendo da maneira que são desenvolvidas, podem ampliar a percepção dos mecanismos corporais envolvidos no movimento, através da atenção e da observação. Em inglês, há duas palavras para falar de consciência: awareness e consciousness. Awareness: é o estado de prontidão para a ação, com os acionamentos da atenção e da presença. Consciousness: é o saber da awareness, é a capacidade humana de refletir sobre si mesmo, de se perceber. É esta capacidade que permite, entre muitas outras funções, reconhecer muito daquilo que se passa no corpo durante a execução de uma ação ou movimento, inclusive o estado do corpo que se move, e planejar a continuidade da ação a partir desta percepção. Apesar de Joseph sempre falar da integração entre corpo, mente e espírito, atualmente nem todos os praticantes estão realmente presentes nas aulas, nem sempre conseguem “ouvir e sentir” o seu corpo. Isso acontece devido à falta de atenção, ou até mesmo de entrega para refletir sobre os movimentos propostos. Então, se você quer colher todos os benefícios desse método maravilhoso se permita ouvir e sentir o seu corpo. Esteja presente de corpo e alma! Boas Aulas!

    Fonte: Revista Pilates


    02/08/2016

    Alguns benefícios do Pilates!

    Fonte:


    17/06/2016

    COMO RETARDAR A PERDA DE MASSA MUSCULAR NA TERCEIRA IDADE

    A medida que envelhecemos sofremos um processo de diminuição da nossa massa muscular e, consequentemente, uma diminuição da função de nossos músculos. Essa é uma condição que ocorre em razão de um processo chamado “Sarcopenia”. Sarcopenia é marcada pelo momento em que, além da perda de massa muscular, ocorre diminuição da força ou função, e esse é um processo ocasionado por uma variedade de fatores, como decréscimo do número de fibras musculares, atrofia das fibras musculares, sedentarismo, além dos fatores metabólicos, hormonais e etc. Sabemos que perda de massa muscular é um processo comum com o avançar da idade, porém, é na faixa dos 60 anos que ela se torna clinicamente perceptível e suas consequências começam a incomodar no dia a dia, quando um simples ato de subir escadas ou ir à padaria se tornam sacrifícios, em função de piora na capacidade de locomoção e aumento na incidência de quedas, tornando idosos pessoas dependentes. Mas qual é a chave para reverter esse processo? O que devemos fazer para retardar a perda de massa muscular na terceira idade? No Pilates encontramos a resposta para essas perguntas, pois devemos nos orientar para três fatores: o grau de esforço a ser empregado, a frequência com que se deve praticar e qual o tipo de exercício a ser executado. Estudos recomendam a escolha dos exercícios resistidos para prevenção da perda e massa muscular na terceira idade e que não são necessários treinos intensos e, sim, a repetição de esforços moderados, mantendo essa frequência por duas ou três vezes na semana. Aliado a esse trabalho podemos contar com os exercícios de alongamento e a riqueza de recursos proprioceptivos, que são encontrados em uma sala de Pilates. O resultado é um idoso equilibrado no que diz respeito a força e a flexibilidade muscular.

    Fonte: Revista Pilates


    13/06/2016

    Pilates na reabilitação, sim!

    Quando pensamos em reabilitação, logo nos vem à mente a fisioterapia convencional. Mas, uma vez que o Pilates é um método seguro, eficaz e completo que visa um equlíbrio neuromuscular do corpo como um todo. Por que não o incorporar no tratamento de reabilitação? O Pilates trabalha a mente e o corpo em conjunto e possui como princípios básicos: concentração, controle, centralização e respiração. A partir desses princípios, aplicados por meio de um vasto repertório de exercícios, ele oferece vários benefícios como: aumento da força e resistência muscular, melhora da mobilidade e amplitude de movimento (ADM) da articulação acometida e das adjacentes, melhora da função e flexibilidade, além de uma melhora da respiração, coordenação motora, postura, equilíbrio estático e dinâmico. Os exercícios de baixo impacto e de poucas repetições proporcionam resultados eficazes e, ao mesmo tempo, menos desgastantes às articulações e músculos. Dessa forma, o Pilates pode e deve ser utilizado como ferramenta de reabilitação de diversas disfunções: no pré ou pós-operatório de cirurgias ortopéticas, no tratamento conservador, em dores crônicas e em algumas disfunções neurológicas (Parkison, esclerose múltipla, etc). O Pilates tira essa visão de tratar exclusivamente o segmento lesionado, mas trata o corpo como um todo, melhorando a disfunção em si e equilibrando o corpo das várias adaptações (musculares, fásciais e até mesmo neurais) que se faz em virtude da lesão. É um método que não oferece contraindicações absolutas, mas exige, sim, alguns cuidados e adaptações nos exercícios, no posicionamento e no contole da amplitude de alguns movimentos, de forma que se respeite sempre o ritmo e a progressão de cada paciente. Além dos beneficios físicos oferecidos pelo método, o ambiente de um estúdio de Pilates e a convivência com os demais alunos proporciona uma melhora no estado emocional e psicológico do paciente, acelerando muitas vezes até o processo de reabilitação e recuperação. Claro que o sucesso do tratameto deve-se à escolha de um profissional competente e capacitado que vai saber aplicar o método de acordo com a disfunção apresentada de forma segura e individualizada.

    Fonte: Revista Pilates


    16/03/2016

    Como o pilates pode auxiliar o portador de diabetes?

    O Método Pilates surge como forma de condicionamento físico e reabilitação interessado em proporcionar bem-estar geral e enorme satisfação ao praticante, sendo capaz de proporcionar força, resistência, flexibilidade, melhora da circulação sanguínea, boa postura, aumento da auto-estima, controle motor, respiração com diminuição da ansiedade, consciência e percepção corporal, visando o corpo como um todo. Os exercícios de Pilates podem melhorar a qualidade de vida do portador de Diabetes. É esperado que com esses exercícios o diabético tenha uma melhor utilização da glicose pelos músculos alongados e consequente diminuição da hiperglicemia. Visto que a doença afeta tendões, circulação e sensibilidade, essa razão pode limitar a flexibilidade e reduzir a funcionalidade do diabético. Nos diabéticos, o treinamento resistido auxilia na diminuição das taxas de açúcar no sangue e também aumenta a absorção celular de insulina. Mesmo em pessoas com histórico favorável a diabetes (obesas, com pressão alta ou com casos de doenças na família), há redução dos riscos. O ganho de massa muscular resultante do treinamento de força, melhora a absorção da glicose, além do aumento da massa magra e conseqüente controle de peso os quais são benéficos para indivíduos diabéticos. Claro que é necessária uma dieta adequada e uma prática regular nos exercícios. “HÁBITOS INCORRETOS SÃO RESPONSÁVEIS PELA MAIORIA DE NOSSAS DOENÇAS, SE NÃO POR TODAS ELAS” - Joseph Pilates.

    Fonte: Revista Pilates


    17/02/2016

    Evite desgastes articulares cuidando da postura!

    Uma musculatura abdominal fraca pode facilitar o desenvolvimento de alterações na coluna vertebral e vícios posturais, que podem interferir na biomecânica da coluna vertebral, muitas vezes comprometendo a independência funcional do indivíduo e a qualidade de vida. Os vícios posturais podem levar a encurtamentos musculares, dores, espasmos e tensões nos ligamentos e nas articulações, além de compressão nervosa e uma série de outros problemas. As posições desalinhadas que adotamos podem parecer inofensivas, mas, são esses hábitos que prejudicam a postura e nos causam problemas articulares. Os cuidados com o alinhamento postural contribuem para uma melhor qualidade de vida, evitando processos de desgastes articulares, dores, inflamações e disfunções biomecânicas. O Pilates entra como um ótimo recurso para eliminar e tratar as alterações posturais e desgastes causados por vícios posturais por trabalhar o alongamento e alinhamento corporal, além de trabalhar coordenação motora e aliviar dores causadas pela má postura. O método possibilita vários benefícios ao praticante, desde o aprimoramento da resistência à fadiga ao alinhamento corporal, através de exercícios de fortalecimento muscular que exigem concentração e atenção do praticante, priorizando o trabalho constante da musculatura abdominal. Em poucas aulas já podemos observar uma melhora e correção da postura e alongamento da musculatura, desenvolvendo uma maior flexibilidade e estabilidade corporal necessária para uma vida mais longa e saudável. Visamos também o fortalecimento e o trabalho corporal global, associando em cada movimento o máximo possível de grupos musculares, trabalhando o corpo como um todo. Os resultados da prática dos exercícios de Pilates individualizados, com instrutores devidamente capacitados, uma boa avaliação e escolha dos exercícios adequados tem se mostrado cada vez mais animadores, tornando o método um eficiente recurso para reabilitação, treinamento, prevenção e o retorno à prática de uma atividade física.

    Fonte: Revista Pilates


    16/12/2015

    132 anos de Joseph Pilates

    Faz aproximadamente 132 anos que o nosso bom velhinho veio ao mundo. Por isso queremos dedicar essa matéria a ele e à filosofia de vida que ele tinha.


    Joseph Pilates tinha várias preocupações, uma delas era quanto ao desenvolvimento da pessoa em sua totalidade. Ele não focava só no trabalho da parte mental, ou só na física, ele acreditava que havia uma conexão entre as duas partes e ambas devem ser trabalhadas simultaneamente.


    Trabalhar a mente não envolve somente estudar, ler e pensar. E, sim, refletir, meditar, estar consciente, estar presente. Trabalhar o corpo é movimentar-se, consciente dos atos, sentindo o exercício, respirando. Toda essa filosofia da Contrologia, onde você esculpe seu corpo com a força/poder da sua mente aborda a saúde e a qualidade de vida.


    Buscar o equilíbrio entre o corpo e a mente são indispensáveis para o alcance da saúde e felicidade. ‘’Praticamente todas as doenças estão diretamente relacionadas a hábitos incorretos, que podem ser corrigidos apenas por meio da adoção imediata de hábitos corretos (naturais e normais)’’. (A obra completa de Joseph Pilates – Pág.28)


    As pessoas normalmente estão mais preocupadas com coisas fúteis e acabam não dedicando tempo suficiente para cuidar da saúde. E tardiamente, ao perdê-la, percebem que o bem mais valioso que tinham precisa ser recuperado.


    Não espere até que isso aconteça! Por que não começar a cuidar da sua saúde desde já? Se nosso mestre ainda estivesse vivo cremos que é exatamente isso que ele te diria.


    Feliz aniversário Joseph Pilates <3

    Fonte: Revista Pilates


    09/12/2015

    Os alongamentos do Pilates!

    A flexibilidade é a capacidade que cada articulação tem de atingir um certo grau de movimento. Ela é determinada, não só pela extensibilidade do músculo, mas também por outras estruturas, como a cápsula articular, ligamentos e tendões.


    A flexibilidade é influenciada por diversos fatores: idade, sexo e hereditariedade (fatores intrínsecos, imutáveis); e também por fatores extrínsecos, como temperatura e hora do dia. Além disso, condição física, respiração e concentração também influenciam na capacidade de movimento articular.


    Estes são treináveis e muito relacionados à prática do método Pilates. A importância da flexibilidade nas atividades de vida diária é notória: quando uma articulação não é capaz de realizar seu movimento completo, em toda sua amplitude, somos obrigados compensar esta falta de movimento em outra articulação, para assim conseguir atingir a função desejada.


    Desta forma, o local onde a compensação ocorre fica sobrecarregado, e tem seu potencial de lesão aumentado. Portanto, o risco de distensão muscular, entorses e dores fica muito aumentado. Num exemplo prático, podemos pensar que uma dona de casa que pretende alcançar uma prateleira mais alta acima dela precisa do máximo de amplitude de flexão do ombro (movimento de elevar o braço).


    Entretanto, se este movimento estiver limitado, ela irá aumentar a extensão da coluna, podendo sobrecarregar suas vértebras e discos vertebrais, o que potencialmente pode gerar uma lesão de disco ou um pinçamento de nervo. Além de diminuir o potencial de lesão, a flexibilidade tem outros benefícios: redução das tensões musculares, melhora da capacidade de coordenação e consciência corporal, aumento da circulação sanguínea local e diminuição do gasto energético.


    O método Pilates é uma ótima ferramenta para trabalhar a flexibilidade. A técnica comumente trabalha o alongamento dinâmico, e não estático. O alongamento estático é aquele em que se pede para o indivíduo se manter em uma posição onde o músculo é alongado por pelo menos 30 segundos, e visa mudar a estrutura muscular.


    Já os alongamentos dinâmicos visam realizar os movimentos no máximo de sua amplitude fisiológica, de forma fluida e funcional. É realizado de forma ativa, utilizando a força de músculos agonistas e o relaxamento dos antagonistas. Além disso, o Pilates também trabalha exaustivamente a respiração e a concentração (estão nos princípios da técnica!), e vimos que estes fatores têm influência direta na capacidade de flexibilidade articular. Todos os exercícios do Pilates combinam os movimentos com o controle da respiração, além de exigir uma concentração mente-corpo em todos os movimentos realizados.


    É importante ressaltar que o treino da flexibilidade, feito em sua maioria por meio de exercícios de alongamento, não tem como objetivo aumentar o tamanho do músculo! Nem o Pilates, nem os alongamentos deixam as pessoas mais altas, mas sim podem melhorar a postura e restaurar a capacidade total de movimento de uma articulação que estava diminuída – seja por desuso da articulação e atrofia muscular, por movimentos que eram realizados de forma incorreta, ou por alguma patologia ou inflamação que possa ter diminuído esta capacidade.

    Fonte: Revista Pilates


    30/11/2015

    Quanto tempo para conseguir resultados no Pilates?

    Quanto tempo para conseguir resultados?


    Imediatismo é a palavra da vez para a maioria dos iniciantes do Pilates. ‘’Quando vou parar de sentir dores?’’, ‘’Vou emagrecer com Pilates?’’, ‘’Quando vou poder fazer exercícios avançados?’’. Essas são apenas algumas das frases típicas dos alunos, que demonstram a ansiedade em conquistar um novo corpo e evoluir dentro do método.


    Mas nada se conquista da noite para o dia, já começamos por aí! Ninguém emagrece de forma saudável em dois dias, não define o corpo e nem aprende a controlá-lo em tão pouco tempo. O trabalho da Contrologia é difícil, e é necessário paciência e perseverança para alcançar os resultados, que são muitos.


    Embora cada aluno trabalhe com um objetivo específico, o ganho na qualidade de vida é evidente para todos. O tempo de prática, a frequência e o modo que você executa os exercícios são os fatores que mais influenciam nos resultados. E não podemos esquecer de citar a alimentação também. Por isso é muito importante manter o acompanhamento de uma nutricionista ao longo do processo. O Pilates ajuda a perder peso, sim. Mas ele sozinho não pode fazer isso. Se você somar Pilates aos aeróbicos, e combiná-los com uma dieta bem equilibrada, aí sim você pode esperar alguns resultados realmente surpreendentes.


    O método oferece muitos benefícios para os praticantes. Entre eles, a boa postura, consciência corporal, alívio de dores e tônus muscular. Mas os benefícios só podem ser sentidos se você manter uma boa frequência nas aulas. Se você for daqueles alunos turistas, que aparecem uma vez no mês, não espere milagres.


    Embora algumas melhorias sejam sentidas já nas primeiras aulas, a maior parte delas chega a médio ou longo prazos. Por esse motivo, você deve manter-se comprometido para conquistar os resultados esperados.


    Siga os conselhos e afirmações do mestre Joseph:


    - ‘’Com 10 sessões você perceberá a diferença, com 20 sessões os outros irão perceber a diferença e com 30 sessões você terá um novo corpo.’’


    - “Se aos 30 anos você está sem flexibilidade e fora de forma, você é um velho. Se aos 60 anos você é flexível e forte, você é um jovem.”


    - “Respeite seu próprio ritmo.”


    - “Não interessa o que você faz e, sim, como você faz.”


    A melhor maneira de descobrir o que o Pilates pode fazer por você é matricular-se e praticá-lo muito! Vamos agendar uma aula experimental? Entre em contato conosco (16) 3336-2717.

    Fonte: Revista Pilates


    23/11/2015

    Não pratique Pilates sozinho!

    Pedir ajuda, orientação, dicas… essa deve ser a rotina de alguém que quer praticar Pilates ou qualquer outro exercício. Economizar não deveria ser uma opção quando se trata da própria saúde. Nós da Revista Pilates adoramos saber que nossas dicas de exercícios são bem aproveitadas pelos leitores, e gostamos ainda mais de saber que as execuções foram orientadas por um profissional qualificado.


    Variando nos exercícios, aprendendo e evoluindo. Assim queremos ver nossos lindos pilateiros e pilateiras. O método de Joseph é muito benéfico, de diversas formas. Mas quando praticado sem orientação pode causar lesões, sim. Queremos alertar que não se deve praticar sozinho em hipótese alguma, e que mesmo um profissional da área, quando pratica, precisa da orientação de outro Fisioterapeuta ou Educador Físico.


    Os exercícios, quando bem executados, definem e relaxam o corpo, acabam com as dores, previnem doenças, ajudam a manter a cabeça no lugar e muito mais. Cabe a cada um a responsabilidade de saber o que é bom para si mesmo, e cabe a um instrutor saber instruir. Queremos reforçar essa consciência de que primeiro se deve priorizar a saúde, antes de encarar novos desafios nas aulas.


    Desejamos que a evolução de todos os pilateiros seja de aprendizado e de conexão consigo mesmos, que o método possa proporcionar muita satisfação e felicidade. Sempre que quiserem tentar algo novo, pilateiro e instrutor, conversem e vejam se essa é realmente uma opção de exercício saudável, não façam apenas porque está na moda.


    Faça um Pilates consciente e bons resultados virão!
    Venha para o Pilates na Transformare!
    Mais informações (16) 3336-2717.

    Fonte: Revista Pilates


    00/00/0000

    NEM TUDO PODE SER PILATES

    NEM TUDO PODE SER PILATES


    O Pilates se tornou um nome muito forte. O método nasceu na década de 20, se popularizou por volta dos anos 80 e nos anos 90 chegou ao Brasil com força total e está cada vez mais popular.
    Houve quem disse que esse método era mais uma “modinha”, moda essa que está “pegando” até hoje, e deu tão certo que “novas” modalidades estão sendo lançadas no mercado vinculadas ao nome Pilates.
    Afinal, o que significa Pilates? Alguns profissionais denominam ‘só’ como um tipo de terapia, outros ‘só’ como atividade física. Como não existe o Pilates somente para Fisioterapeutas tratarem seus pacientes ou para Educadores Físicos treinarem os alunos, prefiro descrever como sendo um método competente aos Educadores Físicos e Fisioterapeutas, com foco em desenvolver o condicionamento músculo esquelético de seus clientes, sem risco de lesões ou ganho de volume muscular. Incluindo o trabalho de respiração, alinhamento neutro da postura, estabilidade de centro, cinturas pélvica e escapular.
    Agora, voltando ao nosso tema, a cada modalidade nova no mercado, que muitas vezes nossos alunos nos apresentam, me vem à cabeça se o nome vinculado à aula é porque “já deu certo” ou porque conseguimos nessas modalidades encontrar os resultados da prática do Pilates de alguma forma.
    Não acredito que seja tão simples criar uma nova modalidade de aulas para pessoas, pacientes, alunos, clientes… Que quem esteja inovando no mercado, apenas coloque o nome Pilates e pronto: algo novo se criou!
    No mínimo esses profissionais devem estar estudando muito as necessidades de seu público alvo, quais são seus objetivos e resultados com as aulas. Acredito, sim, que existam fundamentos nessas modalidades, ou seja, que elas estejam sendo criadas com base nos princípios do Pilates. Exemplo: “x” aula com técnicas de Pilates aplicadas ao: fitness, dança, reabilitação, esporte, atividades lúdicas, circo, etc… Ainda não explorei na prática essas novas modalidades, mas não recusaria jamais nenhum convite.
    Agora, cabe somente aos praticantes dessas novas modalidades, com nosso famoso e impecável Pilates, entender realmente do que se trata, onde farão essas aulas e conhecer o profissional que aplica seus conhecimentos a eles. Pratiquem Pilates Consciente. Boas aulas!


    Fonte: Revista Pilates

    Fonte:


    14/10/2015

    Pilates em Família

    PILATES EM FAMÍLIA



    Treinar em família é uma ótima estratégia para ter a motivação de manter uma rotina adequada de treinamento e se adaptar a uma vida mais saudável.  Quando as pessoas da mesma família passam a praticar uma atividade física juntos, começam a ter um mesmo objetivo de vida e criam uma energia em relação a isso, até se tornar um estilo de vida.
    Essa mudança de hábitos e a busca pelos mesmos objetivos pode trazer uma convivência melhor e harmonia entre os familiares, automaticamente, passam a se preocupar em manter a rotina de treinos para que desta forma se mantenham motivados juntos.
    Para obtermos uma vida mais saudável é necessário que além da pratica regular de exercícios, tenhamos também hábitos alimentares mais saudáveis e, com a família praticando exercícios juntos, consequentemente todos começarão a se preocupar mais com os hábitos alimentares, facilitando também para que a mãe ou pai consigam agregar uma alimentação saudável para a família toda.
    Não podemos esquecer do exemplo que os pais passam para seus filhos, praticando junto com eles uma atividade física e mantendo uma alimentação saudável dentro de casa.
    Nos dias de hoje, onde quase não temos tempo de lazer ou de ficar alguns momentos com nossos familiares, praticar Pilates juntos é uma ótima forma de ter um momento de qualidade e diversão junto com os filhos, marido ou esposa.
    Pilates é uma atividade super adequada para se treinar em família, pois o método consegue agregar a todos em uma mesma aula e adequar o treinamento de acordo com o objetivo e limitação de cada um, muitas vezes dentro do mesmo exercício.
    O treino em família é uma pausa nas atribuições diárias, um momento em que podem relaxar e conviver, ficar mais perto e compartilhar um pouco mais da vida. Um momento em que irão se divertir juntos, se motivar e se desafiar fora da rotina de  casa.


    Fonte: Revista Pilates


    Aqui na Transformare adoramos ver as famílias se exercitando juntas! Seja nas aulas de pilates ou nas aulas de treino personalizado! Venha conhecer nosso espaço e comece um atividade física com sua família! Mais informações (16)3336-2717

    Fonte:


    14/10/2015

    Pilates em Família

    PILATES EM FAMÍLIA



    Treinar em família é uma ótima estratégia para ter a motivação de manter uma rotina adequada de treinamento e se adaptar a uma vida mais saudável.  Quando as pessoas da mesma família passam a praticar uma atividade física juntos, começam a ter um mesmo objetivo de vida e criam uma energia em relação a isso, até se tornar um estilo de vida.
    Essa mudança de hábitos e a busca pelos mesmos objetivos pode trazer uma convivência melhor e harmonia entre os familiares, automaticamente, passam a se preocupar em manter a rotina de treinos para que desta forma se mantenham motivados juntos.
    Para obtermos uma vida mais saudável é necessário que além da pratica regular de exercícios, tenhamos também hábitos alimentares mais saudáveis e, com a família praticando exercícios juntos, consequentemente todos começarão a se preocupar mais com os hábitos alimentares, facilitando também para que a mãe ou pai consigam agregar uma alimentação saudável para a família toda.
    Não podemos esquecer do exemplo que os pais passam para seus filhos, praticando junto com eles uma atividade física e mantendo uma alimentação saudável dentro de casa.
    Nos dias de hoje, onde quase não temos tempo de lazer ou de ficar alguns momentos com nossos familiares, praticar Pilates juntos é uma ótima forma de ter um momento de qualidade e diversão junto com os filhos, marido ou esposa.
    Pilates é uma atividade super adequada para se treinar em família, pois o método consegue agregar a todos em uma mesma aula e adequar o treinamento de acordo com o objetivo e limitação de cada um, muitas vezes dentro do mesmo exercício.
    O treino em família é uma pausa nas atribuições diárias, um momento em que podem relaxar e conviver, ficar mais perto e compartilhar um pouco mais da vida. Um momento em que irão se divertir juntos, se motivar e se desafiar fora da rotina de  casa.


    Fonte: Revista Pilates


    Aqui na Transformare adoramos ver as famílias se exercitando juntas! Seja nas aulas de pilates ou nas aulas de treino personalizado! Venha conhecer nosso espaço e comece um atividade física com sua família! Mais informações (16)3336-2717

    Fonte:


    05/10/2015

    TREINAMENTO FUNCIONAL OU MUSCULAÇÃO

    Treinamento Funcional ou Musculação?


    Esse é um assunto bastante discutido no mundo fitness. Qual é melhor? Qual traz mais resultados? Qual gasta mais calorias? São questionamentos e dúvidas que mais ouvimos nas academias. Primeiro vamos definir o que é Treinamento Funcional e o que é Musculação.
    Treinamento funcional
    Treinamento: A expressão treinamento refere-se à aquisição de conhecimentos, habilidades e competências. Funcional: É tudo aquilo que possui eficácia, utilidade e praticidade. É treinar o corpo nas funções para a qual ele foi desenhado. Unindo as duas definições, temos: Treinamento funcional é um tipo de treinamento com o qual se adquire conhecimentos, habilidades e competências eficazes, úteis e importantes para o desempenho no dia a dia. O foco principal desse treinamento é tornar o corpo mais inteligente. Treinam-se movimentos (e não músculos) em todos os planos de movimento com todo o corpo atingindo todas as capacidades físicas.
    Musculação
    Musculação: É o conjunto de processos e meios que levam ao aumento e aperfeiçoamento da força muscular, associada ou não a outra qualidade física. Lambert (1987). Força: A força nunca aparece, nos diversos esportes, sob uma forma pura, mas constantemente como uma combinação ou como uma mistura de fatores físicos de condicionamento da performance. Weineck (1989:97).
    Veja que, segundo Lambert, a musculação leva ao aumento e aperfeiçoamento da força, que é uma das valências físicas que possuímos. Há outras capacidades físicas envolvidas, mas o foco aqui é a força! Com isso é possível observar alguns pontos importantes:
    Podemos dizer que os dois modelos de treinamento caminham juntos, musculação e funcional estão diretamente ligados às suas ações motoras, o que acontece normalmente em situações diferentes entre máquinas e peso corporal.
    Atualmente a musculação passou por um processo de adaptação, onde menos é mais e a intensidade passou a aumentar e o volume a diminuir e com isso o aluno começou a melhorar o seu desempenho e a treinar num período mais rápido.
    Com isso o treinamento funcional foi ganhando espaço e veio para ficar, deixou de ser uma tendência e virou uma realidade. Hoje o aluno que realiza o treinamento funcional dentro de sua série de musculação só terá ganhos, irá aumentar o gasto energético e trabalhará outras capacidades que normalmente não são trabalhadas em uma série de musculação convencional.
    Importante: Vale ressaltar que tanto a musculação quanto o treinamento funcional irão melhorar a sua qualidade de vida. Porém, na musculação o foco é a força e no funcional o foco é a flexibilidade, agilidade, velocidade, resistência, potência e todas as outras capacidades físicas que possuímos. Temos que pensar no corpo como uma corrente, onde cada músculo, articulação, tendão e ossos formam um elo entre eles unindo todo o corpo. Chamamos isso de integração corporal. Se você treinar para atingir essa integração, com certeza seu corpo será forte quando precisar ser forte, rápido quando precisar ser rápido, flexível quando precisar ser flexível e assim por diante.
    Agora que já conhecemos um pouco mais dos dois tipos de treinamento, vamos começar a pensar na musculação como algo associado ao treinamento funcional e não como coisas distintas.
    O seu corpo precisa treinar o que ele mais usa ao longo de sua rotina diária, ou seja, não deixe de treinar outras capacidades físicas, pratique saúde e pense no seu futuro.
    Fonte: www.ciaathletica.com.br


     

    Fonte:


    28/09/2015

    PILATES PARA COMBATER A FLACIDEZ DOS BRAÇOS


    PILATES PARA COMBATER A FLACIDEZ DOS BRAÇOS


    Passo a passo de exercícios fortalece membros superiores




    O que você acha de realizar uma atividade que melhora a postura, trabalha o corpo como um todo e ainda fortalece e define o corpo com o máximo de consciência e esforço na medida, sem exaustão? Parece bom demais e é verdade. O método Pilates fortalece e alonga toda a musculatura do corpo de forma equilibrada, trabalhando todos os grupos musculares em todas as aulas, com poucas repetições e alto grau de eficiência.


     


    E fortalecer a musculatura dos braços não é apenas uma questão estética. Afinal, os músculos da região dos ombros, da cintura escapular, dos braços, da caixa torácica e da coluna estão intimamente interligados. Exercitar-se pensando apenas nos braços, sem dar atenção correta ao equilíbrio de toda essa musculatura e estruturas de suporte, pode causar dores, desconfortos, lesões e ainda não atingir os objetivos desejados.


     


    Sendo assim, para combater a flacidez dos braços, o Método Pilates conta com aliados eficientes e seguros, que a princípio podem parecer pouco eficazes para quem está acostumado a trabalhar com altas cargas e equipamentos de musculação.


     


     


    Pesos de no máximo 2kg e uso de outros acessorios que contam com a resistência do material (ex borrachas), além do peso do próprio corpo, são as ferramentas necessárias. No entanto, segundo o próprio criador do método, Joseph Pilates, o corpo deve sempre ser exercitado com consciência e como uma unidade.


     


    Ao trabalhar os músculos dos braços, não nos preocupamos apenas com essa região. Para dar suporte a esse trabalho, o corpo todo deve participar. O Pilates aciona o centro de força (músculos abdominais profundos, superficiais e musculatura do tronco e do assoalho pélvico), que dá o suporte necessário à estabilização da coluna, para que o movimento dos braços possa acontecer sem compensações na musculatura dos ombros e pescoço, por exemplo.


     


    Juntamente com o centro de força, a cintura escapular estabilizada organiza a postura, e os músculos dos braços podem trabalhar com o máximo de eficiência. Por isso, não há necessidade de cargas elevadas para promover o fortalecimento e a definição muscular. Se o seu caso é trabalhar para combater a flacidez e não se interessa por hipertrofia, encontrou a fórmula adequada.


     


    Sem esforço exagerado e com o máximo de consciência, somos capazes de nos exercitar com eficiência, segurança e ainda, de quebra, trabalhar o abdômen e a postura. Convenceu-se?


     


    Você pode realizar os exercícios com halteres que variam de ½ a 2 kg, e com um objeto próprio para a prática, chamado Magic Circle® . Uma alternativa caseira para substituir esse objeto é usar uma bola macia média, do tamanho de uma usada para jogar vôlei, por exemplo. Esses exercícios são originais do método Pilates e fazem parte do repertório de solo. O Magic Circle® também é um grande aliado para fortalecer os braços, melhorar o equilíbrio da musculatura escapulo-umeral e combater a flacidez.


     


    Além desses exemplos, ainda existem muitos outros exercícios nos quais o foco é o trabalho de braços também nos equipamentos. Procure um instrutor de Pilates e descubra como se exercitar pode ser ao mesmo tempo prazeroso, eficiente e seguro!


     


    Todos os exercícios devem ser executados mantendo a postura e a curvatura fisiológica da coluna. Inspire e expire a cada movimento acionando o centro de força. 


    Fonte: www.personare.com.br


    Fonte:


    00/00/0000

    CORPO FIRME E FORTE COM PILATES

    CORPO FIRME E FORTE COM PILATES


     


    Modalidade facilita perda de peso e tonificação dos músculos


     


    Bastante popular hoje em dia, o Pilates é um exercício que possui as mais diversas finalidades. A modalidade esportiva começou a ser usada para controlar o peso e modelar o corpo, deixando-o da forma desejada. Atualmente, para todos aqueles que estão motivados e dispostos a alcançar o corpo ideal, o método pode ser uma excelente ferramenta.


     


    Além de oferecer todos os benefícios de uma atividade física comum, o Pilates é seguro para sua saúde física, auxiliando na correção da postura, aumentando a elasticidade do corpo e aliviando o estresse. É uma excelente opção para emagrecer, já que acelera o metabolismo, resultando na perda de peso.


     


    As atividades físicas convencionais tendem a trabalhar o emagrecimento através de uma atividade aeróbica, ou por meio da tonificação do músculo - como a musculação - para deixar o corpo firme e forte. No caso do Pilates, é possível obter os dois benefícios juntos: evitar a flacidez e perder medidas. No entanto, isso não significa que quem já é magro poderá perder ainda mais peso. Nesse caso, a pessoa somente substitui a gordura ruim do corpo, chamada de massa gorda, por uma massa magra. Isso deixa o corpo mais definido e a musculatura firme.


     


    ATIVIDADE É FÁCIL E PREZA QUALIDADE


     


     


    Normalmente, quando as pessoas estão empolgadas para iniciar novos hábitos em prol de um corpo em forma, podem não estar preparadas fisicamente para realizar uma atividade. O despreparo as leva rapidamente à exaustão, acarretando desmotivação ou sensação de incapacidade. Com o Pilates não existe este risco, já que os movimentos são realizados de forma fluente, com muita calma e poucas repetições. A eficiência do Pilates está na qualidade e não na quantidade, desta forma o praticante não cansa facilmente e consegue grandes resultados.


     


    O Pilates pode ser feito no chão ou em aparelhos. Para alcançar os objetivos citados neste artigo ambas modalidades podem ser utilizadas. O importante é que qualquer atividade do Pilates trabalha a musculatura de dentro para fora, o que significa que os músculos mais internas serão trabalhados e o corpo estará mais forte e manterá este tônus por mais tempo.


     


    A maioria dos exercícios é feita na horizontal (deitado), seja no aparelho ou em solo. A diferença é que as aulas com aparelho costumam ser individuais, onde as molas dos aparelhos adaptam os movimentos a cada corpo, sendo então indispensável para quem já tem alguma lesão ou alteração postural. Nesta prática o aluno tem total supervisão do profissional. Já quando é realizado no solo, o Pilates pode ser feito em grupo, e lembra muito o yoga, pois trabalha com exercícios de equilíbrio, respiração, fortalecimento e alongamento. Tudo isso é realizado tendo como base uma boa concentração. Portanto, a escolha só dependerá do gosto de cada um por cada forma de exercício. Seja no solo ou no aparelho, os resultados alcançados no Pilates serão os mesmos.


     


    Com todos estes benefícios que o Pilates oferece, é possível alcançar um corpo malhado, músculos fortes, boa postura, barriga definida e sequinha, melhor capacidade da respiração e melhor tolerância à correria da rotina. Ou seja, todos os benefícios que você precisa para alcançar uma ótima qualidade de vida.


     


    COMO PRATICAR


     


     


    Para obter bons resultados é aconselhável praticar o Pilates de duas a três vezes por semana. O corpo costuma responder muito rápido à atividade, mas o tempo para alcançar a forma física desejada varia de individuo para indivíduo, de acordo com seu biotipo e metabolismo de cada um. Mas quando comparado com as demais modalidades esportivas e atividades físicas o Pilates se destaca pela qualidade de seus movimentos e garantia da segurança do corpo e eficácia em cada exercício. As modificações no corpo são facilmente perceptíveis, deixando todos seus praticantes bem satisfeitos.


     


    Vale lembrar que o Pilates é um esporte terapêutico, portanto todos os movimentos trabalhados nesta modalidade dispensam contraindicação. O exercício é adaptado pelo profissional para cada pessoa, seja ela atleta, idoso, mulher grávida ou até mesmo portador de alguma deficiência física. Tudo no Pilates é naturalmente adaptável.


     


    Portanto, se o seu desejo é entrar em forma, não há mais desculpas para adiar os planos. O Pilates trará um resultado rápido, de forma segura e gostosa. E é por tudo isso que a modalidade vem se tornando uma atividade física tão querida para quem busca uma opção de vida mais saudável.


     


    Fonte: www.personare.com.br

    Fonte:


    00/00/0000

    PILATES PODE AJUDAR NO COMBATE À DEPRESSÃO

     




    PILATES PODE AJUDAR NO COMBATE À DEPRESSÃO


    Método regula o funcionamento do cérebro e oferece mais autoestima





    Há muito tempo especialistas vêm pesquisando sobre os efeitos do exercício físico não só no corpo, mas, principalmente, no cérebro. Estudos coordenados pelo Dr. John Ratey, da Faculdade de Medicina de Harvard, têm demonstrado que exercício físico e métodos como Pilates podem representar um meio eficaz e natural de regular o funcionamento do cérebro de forma completa, contribuindo para combater algumas doenças mentais, entre elas a depressão.


     


    Joseph H. Pilates - criador do método denominado por ele Contrologia - entre as décadas de 20 e 30, já estava à frente de seu tempo, propondo um método de educação física revolucionário, que levava em conta não só os efeitos positivos do exercício no corpo, mas também na mente e no espírito.


     


    Observador e estudioso das práticas corporais do ocidente e do oriente, da natureza e dos animais, o especialista criou um método inovador de exercícios. O Pilates contempla tanto o vigor do treinamento físico - que torna o corpo forte e bem condicionado - com a flexibilidade e a consciência corporal. Nessa modalidade, o controle da mente sobre o corpo se faz presente, assim como nas artes marciais, no yoga, entre outros.


     


    Na época, o estudioso comprovou pessoalmente esses benefícios, sendo exemplo vivo dos efeitos de seu treinamento na aquisição e na manutenção da saúde do corpo, da mente e do espírito. Para Joseph Pilates, o contato com o sol, a prática de exercícios ao ar livre, com o mínimo possível de roupas, era fundamental para que se adquirisse boa saúde.


     


    EXERCÍCIO FÍSICO FAZ BEM PARA AS EMOÇÕES


     


     


    Os estudos sobre os transtornos de humor, embora ainda não tenham revelado a causa das doenças, já apresentam grandes avanços na descrição da atividade cerebral ligada a elas. Hoje sabemos, em grande parte graças às pesquisas sobre depressão, os efeitos positivos que a prática de exercícios faz pelo cérebro.


     


    Autor de diversas publicações sobre o funcionamento do cérebro, John J. Ratey, em seu livro "Corpo ativo, mente desperta - Como o exercício melhora o desempenho do cérebro" (ed. Objetiva), revela que o exercício físico melhora as conexões do cérebro e regula todos os neurotransmissores (substâncias químicas que permitem que o impulso nervoso passe de um neurônio a outro), ajustando a química cerebral como um todo. O exercício afeta tantas variáveis no cérebro que é quase impossível isolar seu efeito específico em uma parte dele, como gostariam os cientistas.


     


    Por ter uma atuação tão abrangente, o exercício físico já vem sendo usado como tratamento de primeira linha contra a depressão, em países como a Grã-Bretanha. Infelizmente, em outros lugares do mundo, como os Estados Unidos e o Brasil, ainda é pouco utilizado para este fim.


     


    Ainda que não se possa prescrever o exercício físico de maneira geral e, especialmente, o método Pilates no combate à depressão, certamente alguns de seus sintomas podem ser, em muito, amenizados com sua prática.


     


    Entre os benefícios da prática regular do método Pilates estão:


     


     


    • melhora da autoestima

    • aumento do vigor físico e da disposição

    • maior consciência corporal

    • aumento da capacidade respiratória

    • diminuição do estresse

    • maior capacidade de relaxamento consciente


     


     


    Todos esses efeitos por si só já garantem um caráter preventivo no que diz respeito à prevenção de estados depressivos. Sem falar nos efeitos sobre o corpo que o Pilates também oferece, como melhora da força e da flexibilidade, menor gasto de energia, movimentos mais graciosos e fluentes, mais saúde e, consequentemente, mais felicidade. Que é o que todos nós buscamos!

    Fonte:


    10/09/2015

    PILATES PARA TER MAIS SAÚDE

      PILATES PARA TER MAIS SAÚDE

    (Método exige consciência,


     persistência e motivação 


    dos praticantes)



     


    Todos buscamos maneiras eficazes de melhorarmos nossa saúde e nossos corpos, trazendo mais energia e disposição para nossas vidas. A cada semana aparecem nos meios de comunicação fórmulas milagrosas e fáceis de seguir sobre novas dietas e métodos de exercícios, que prometem definitivamente restaurar nosso equilíbrio físico e mental. Infelizmente a conquista de uma vida equilibrada e saudável não é assim tão fácil, quanto gostaríamos ilusoriamente de acreditar.


     


    Como não foi fácil também o caminho brilhante de um jovem alemão que, no início do século 20, conquistou finalmente a saúde e a vitalidade, mantendo-a por toda sua vida, a despeito de sua infância cercada de limitações e doenças. Inconformado com sua condição, Joseph Pilates estudou e realizou ao longo de sua infância e juventude pesquisas e estudos sobre o movimento humano e treinamentos físicos dos mais variados esportes.


     


    Todo esse conhecimento resultou na elaboração de um método de exercícios que tem como base o desenvolvimento da mente e do corpo simultaneamente. A esse método de condicionamento físico e mental, Joseph Pilates denominou Contrologia. "Esse método é o controle consciente de todos os movimentos do corpo. É a correta utilização e aplicação dos princípios mecânicos que abrangem a estrutura do esqueleto, um completo conhecimento do mecanismo do corpo e uma compreensão total dos princípios de equilíbrio e gravidade, como nos movimentos do corpo durante a ação, no repouso e no sono", pontuou Joseph.


     


    Nem todos nós somos autodidatas como ele, essa capacidade é para poucos. Joseph Pilates compreendeu que para fazer os movimentos da maneira adequada e efetivamente mudar padrões indesejáveis, era necessário primeiramente tomar consciência de nossos desequilíbrios e, posteriormente, reorganizar nossas ações motoras de maneira precisa para garantir o desenvolvimento integral do corpo e da mente.


     


    PILATES EXIGE ATENÇÃO INDIVIDUAL


     


     


    Por isso, construiu seu método baseado na individualidade, oferecendo um olhar atento e exclusivo a cada um de seus alunos, observando e reconhecendo a maneira particular de cada um se mover, para a partir daí, então, iniciar as intervenções mais adequadas em cada caso.


     


    Mas isso não é tudo. Para realmente ser capaz de orientar adequadamente, é indispensável que o professor tenha não só um grande conhecimento da técnica e uma vasta experiência de ensino, mas deve obrigatoriamente ter passado pessoalmente por todo o processo de assimilação do método. Saber todo o repertório de exercícios é apenas uma pequena parte do que um professor capacitado deve obter em sua formação na técnica.


     


    A maneira de realizar os exercícios é muito mais importante do que os próprios movimentos ou repetição das séries no Mat (tapete usado nas aulas) ou nos aparelhos. O processo de formação de um professor de Pilates exige estudo, dedicação e grande capacidade de auto-observação. Se as mudanças não puderem ser observadas em seu próprio corpo durante o período de formação, ele não será capaz de transmitir e orientar adequadamente seus alunos.


     


    Só assim o professor será capaz de compreender realmente em que etapa do aprendizado o aluno se encontra e quais são os meios mais indicados para garantir mudanças qualitativas e duradouras.


     


    EXERCÍCIOS AJUDAM A SE CONHECER MELHOR


     


     


    O método Pilates utiliza imagens e toques que auxiliam muito no reconhecimento e na compreensão da maneira como estamos nos movendo. Mas isso é um grande desafio, tanto para o professor como para o aluno.


     


    Se esses toques verbais e táteis forem usados de forma eficiente, é possível rapidamente ajudarem na identificação de compensações musculares e servirem para orientar na ativação e no relaxamento correto dos músculos.


     


    Como muitas vezes se trata de músculos profundos, embora potencialmente ativados pela nossa vontade, podem se manter por toda nossa vida como desconhecidos, parecendo agir involuntariamente a maior parte do tempo. Contraem-se exageradamente ou se mantém inativos, criando padrões automáticos e inconscientes de movimentos indesejáveis, que vão afetar negativamente nossa postura.


     


    Tornar-se consciente de seu corpo de como ele se move é tornar-se possuidor de sua vontade. É agir de forma proativa, em seu benefício. É livrar-se de dores que não precisam existir e principalmente aprender como evitá-las no futuro.


     


    Por esse motivo, o método Pilates como qualquer outra técnica que se disponha a trabalhar o ser integralmente, só pode ser bem aplicada e realizada em centros especializados e com profissionais experientes.


     


    Mudanças são difíceis, pois exigem de nós humildade para reconhecer inadequações e coragem para modificá-las, e isso não é pouca coisa. A conquista da saúde é uma tarefa constante, que exige consciência, persistência e motivação.


     


    É por isso que quando método Pilates é dinâmico, mantém o interesse dos praticantes por longos anos. A cada etapa do processo acrescentam-se novos desafios e o praticante observa que ao longo do tempo, mesmo realizando os mesmos exercícios, eles já não são praticados da mesma forma. Muda a qualidade de execução, a fluidez e o controle, descobre-se nas mesmas rotinas de movimentos outras qualidades que antes não conhecíamos. E assim juntos, instrutores e alunos, vamos adquirindo um conhecimento de si e do outro que nos acompanha por toda a vida!


     


    Fonte: www.personare.com.br


     


    Fonte:


    00/00/0000

    Pilates: saúde e felicidade

    Pilates: saúde e felicidade


    Os templos da malhação andam cansando sua beleza? Se encheu das mesmices dos exercícios de musculação? Fique sabendo que você não está só. Pois os estúdios de pilates estão cada vez mais cheios de dissidentes das academias.

     

    Você se sente uma E.T. no meio do auê que é a sua academia, com aquela música agitada nas alturas e pessoas jovens e esbeltas desfilando para lá e para cá? Por um acaso, você não suporta a mesmice dos exercícios feitos nos aparelhos de musculação? Ou, no seu caso, é por causa do problema na coluna que puxar ferro não é a melhor opção? É por esses motivos que o pilates, um método de condicionamento físico e mental - porque somos constituídas de corpo e mente, sim! – tem conquistado cada vez mais gente. E mesmo quem se sente em casa dentro dos templos da malhação tem grandes chances de se apaixonar.


    O pilates dá ótimos resultados em pouco tempo: aumenta o tônus muscular e a flexibilidade, promove a mobilidade das articulações, ajuda a alinhar a postura, trabalha intensamente a concentração e a respiração, promovendo um equilíbrio entre corpo e mente. Nas palavras de Joseph Humbertus Pilates, é indispensável "para atingir o objetivo da humanidade: saúde e felicidade". É isso mesmo. Pilates é o sobrenome do criador do método. Um alemão que, quando criança, sofria de febre reumática e asma. Como assim? Foi exatamente por causa dos problemas de saúde que Joseph Pilates se dedicou com unhas e dentes a tornar-se fisicamente forte.


    Aos quatorze anos, dizem seus seguidores, Pilates estava em tão boa forma que podia posar para mapas de anatomia. Lutou boxe, foi artista de circo, treinador de autodefesa. Estudou yoga, zen budismo e regimes gregos e romanos. Dois anos após o início da Primeira Guerra Mundial, Pilates foi mandado para Inglaterra para trabalhar como enfermeiro. Nesse período, utilizando as molas das camas do hospital, desenvolveu um sistema de exercícios que inspirou a criação de seu método e seus equipamentos. A eficácia dos movimentos desenvolvidos foi comprovada quando, em 1918, nenhum dos internos daquele campo sucumbiu a uma epidemia de gripe que matou milhares de pessoas em outros campos da Inglaterra.


    Se o método pilates já existe há tanto tempo, porque só de uns tempos para cá vem sendo difundido e conhecido? Apesar do pilates ter surgido na Primeira Guerra, foi a mídia, através de pessoas famosas, como Madonna e Sharon Stone, que colocou o pilates em evidência. Mas não foi só para estar na moda que o pessoal aderiu à onda do pilates. A professora de educação física e dona de um dos estúdios precursores do método pilates no Brasil, Teresa Camarão, garante que foi uma questão de necessidade: "As pessoas se cansaram das academias. Sentiram necessidade de buscar algo mais harmônico e menos invasivo", esclarece Teresa. Além disso, o pilates veio como opção para pessoas acima de 40 anos: "Esse tipo de público ficou de fora do boom das academias. O pilates se adequa perfeitamente a essas pessoas, que estão buscando atividades menos agressivas, com uma atenção especial e individualizada do professor", diz ela.


    Apesar de fazer sucesso entre pessoas que já passaram da flor da idade, o pilates é recomendável para todas as idades, não tem contra-indicações – apenas restrições de movimentos no caso de patologias no joelho e na coluna – e é compatível com qualquer outro tipo de atividade física que o praticante faça. Tantas vantagens se devem ao fato de ser uma atividade que se adapta às características de cada um. As sessões podem ser individuais ou em grupos. Todos os exercícios são associados à respiração e à contração do abdômen. A força sempre começa no abdômen, que chamamos de centro. Os médicos estão indicando muito o pilates pelo trabalho intenso nessa parte, que alivia muito as dores nas costas e alinha a postura corporal.


    Se você não tem o interesse de se tornar uma pilha de músculos ambulante, mas procura desenvolver a flexibilidade tanto quanto o tônus muscular, além de buscar o equilíbrio corporal, o pilates é tudo que você procurava. 0 Pilates deixa o corpo forte e flexível, sem torná-lo volumoso. Além disso, por exigir concentração e controle da respiração, o pilates alivia o estresse, melhora a coordenação motora, aumenta a consciência corporal e estimula o sistema circulatório, ajudando na oxigenação do sangue. 


     


    Fonte: www.bolsademulher.com


     

    Fonte:


    00/00/0000

    Pilates proporciona benefícios à mente.

    Pilates proporciona benefícios à mente:  Veja de que maneira o pilates melhora o condicionamento mental, além do físico, e torna os praticantes aptos a sustentar uma nova postura de vida. 


     


    Se você não faz parte do time de fãs das academias de ginástica, mas frequenta alguma, mesmo a contragosto, para manter a forma - ou se recusa a encarar aulas dos mais variados estilos e o uso de pesinhos -, está na hora de experimentar o método de condicionamento físico e mental criado pelo alemão Joseph Pilates (1880-1967). Apesar da aparente suavidade dos movimentos, os exercícios de pilates fazem com que o corpo não só se alongue e se fortifique de forma integrada e individualizada, como também convida os praticantes a experimentar uma nova maneira de se relacionar com o mundo.


    Por privilegiar exercícios de baixo impacto e poucas repetições, a técnica proporciona resultado eficaz com menor desgaste dos músculos e das articulações. "O praticante passa a utilizar sua energia sem desperdiçá-la naquilo de que não precisa. Esse domínio, originado na mente, resulta em vigor e bem-estar", diz Inelia Garcia, proprietária do The Pilates Studio Brasil, rede espalhada pelo país, e ex-aluna de Romana Kryzanowska, uma das principais discípulas de Jospeh Pilates e grande divulgadora de seu legado.


    Ministrado com precisão cirúrgica, o método se molda a pessoas de todas as faixas etárias, inclusive as que sofrem de dores crônicas ou de problemas ósseos e musculares. Nesse caso, o trabalho é conduzido por um fisioterapeuta. A essência da mensagem de Pilates é: independentemente da situação em que esteja, você pode e deve se mexer.


    Muito além do colchonete


     


    Grande parte da beleza dessa corrente, que a cada dia conquista mais adeptos, reside no fato de que o aprendizado extrapola as paredes do estúdio. O aluno não demora a perceber que está diante não apenas de um conjunto de movimentos, mas de uma filosofia de vida calcada na crença de que somos responsáveis por nossa saúde física e mental. "Quando nos apoderamos da habilidade inata de controlar nosso corpo, evoluímos também no campo emocional. É libertador e estimulante descobrir que somos capazes de assegurar o próprio bem-estar", destaca Brooke Siler, instrutora americana, também formada sob a tutela de Romana Kryzanowska, e autora de Desafios do Corpo Pilates, da Summus Editorial.


    Ganha-se, portanto, um jato de autoestima. E mais. "O pilates incita a força de vontade, o desejo, o impulso de realizar coisas e a convicção de que você pode alcançar seus objetivos", sublinha Inelia Garcia, proprietária do The Pilates Studio Brasil. Não se trata de mágica. Esse, digamos, efeito colateral comportamental é apenas reflexo da cumplicidade entre mente, corpo e emoções. "O controle da respiração ajuda a aplacar a ansiedade. Assim, a atividade é uma ferramenta de estabilidade emocional e de autoconhecimento", ela afirma. Além disso, a modalidade também serve de escudo contra o estresse e a fadiga.


    Fonte: www.casa.abril.com.br


    E você já conhece os benefícios do pilates? Se ainda não, venha para uma aula experimental! #vempropilates #vempratransformare


    Mais informações: (16)3336-2717

    Fonte:


    00/00/0000

    O Condicionamento Físico por meio do Método Pilates na Idade mais Feliz

    O Condicionamento Físico por meio do Método Pilates na Idade mais Feliz



    Envelhecer é um processo lento e progressivo. Ninguém envelhece da noite para o dia. Como estas mudanças acontecem de forma contínua e não eventual, é necessário adaptar-se a elas durante toda a vida.

    No princípio do século passado, a expectativa de vida da população era de 35 anos. Atualmente, calcula-se que, nos países desenvolvidos, seja de 74 anos para homens e 82 para mulheres. No Brasil, segundo pesquisa feita em 2000, a expectativa de vida é de 64 anos para homens e 72 para mulheres.

    A porcentagem elevada de pessoas idosas em uma sociedade constitui um índice de progresso e desenvolvimento. Ver cada vez mais idosos nas ruas é motivo de satisfação: isso representa uma vitória em relação ao tempo. Contudo, a preocupação não deve ser quantos anos a pessoa irá viver, mas, sim, de que forma esses anos serão vividos e em que estado de saúde e de espírito.


    Pensamento Jovem

    É importante jamais se considerar limitado. Encarar o envelhecimento de forma positiva é melhor do que qualquer creme anti-rugas. Pior do que alguém de mais idade é uma pessoa que enxerga tudo como se não houvesse solução aparente.

    Exercícios

    Apesar de ser um fato raro, o ser humano é capaz de chegar aos cem anos. Especialistas defendem que dentro de poucas décadas a expectativa de vida em países com bom nível de desenvolvimento na área de saúde beire os 120 anos. Tenha como prioridade ter um peso adequado e bom preparo físico. Os exercícios físicos ajudam a aprimorar o condicionamento do corpo e evitar as perdas de massa muscular. Ter um organismo com baixo índice de gordura afasta várias doenças fatais.


    Cérebro Ativo



    Para não esquecer algo, mantenha sua mente em constante reciclagem. Ao Praticar Pilates a mente é estimulada pela variedade de exercícios onde trabalha-se a coordenação motora e a memória pelo principio da concentração. Além disso, pode utilizar jogos e brincadeiras para exercitar seu cérebro. Fugir da rotina ajuda a desenvolver áreas do cérebro que são menos utilizadas. Procure atividades voluntárias, escutar música, cursos variados, escrever ou viajar.

    Adeus, Estresse!

    Cante, dance, pratique Pilates. Cultive um hobby. O cardápio anti-estresse é super variado e tem diversos tipos de opções. Procure a alternativa que melhor se enquadra no seu perfil. Ter bom humor e viver em contato com a natureza ajuda a espantar o fantasma da velhice.


    Os benefícios



    São muitos os benefícios proporcionados pelo Pilates aos idosos: alívio da dor, principalmente as lombares, maior percepção dos movimentos, fortalecimento muscular, maior equilíbrio, aumento da flexibilidade (musculatura mais alongada), alívio do estresse, entre outros. A grande vantagem está na melhora da auto-estima do praticante, uma vez que ele consegue realizar uma série de exercícios físicos que até então não se julgava capaz.

    Mais força, maior controle muscular, melhor capacidade respiratória e melhor circulação, maior flexibilidade, musculatura mais alongada, tonificada e definida, postura mais correta, mais consciência corporal, maiores equilíbrio e coordenação, alívio do estresse, da fadiga e de dores musculares e melhor saúde das articulações são alguns dos ganhos enumerados. Tudo em benefício dos mais idosos ou de quem tem algum problema de saúde que causa limitações físicas.

    Fazer Pilates não é mérito só de pessoas mais jovens. O Pilates oferece um atendimento personalizado para idosos, realizando um trabalho corporal direcionado às pessoas com limitações físicas de acordo com a idade.

    O método vem sofrendo aperfeiçoamentos no mundo, mas envolvendo sempre os princípios de controle, precisão, concentração e respiração. Para Pilates, o método permitiria a autonomia dos movimentos corporais, correção da postura e o revigorar da mente.

    O aumento do equilíbrio corporal também é um grande avanço, já que o idoso tem seu equilíbrio comprometido devido à idade. Tudo isso sem nenhum risco de lesão corporal, já que Pilates é um trabalho aplicado com uma grande margem de segurança, não cansa e não causa dores musculares posteriores.
    O maior equilíbrio muscular possibilita realizar com mais conforto as tarefas do dia-a-dia. Dá mais energia.

    O respeito aos limites do corpo evita lesões e desgaste físico; a respiração correta aumenta a capacidade pulmonar e melhora a circulação;


    As aulas



    As aulas podem ser: individuais ou em grupos de até três pessoas. Isso acontece para que as séries possam ser adaptadas às necessidades de cada praticante e também para que o instrutor possa dedicar atenção à qualidade dos movimentos de cada aluno. Este diferencial privilegia o idoso, já que ele pode se concentrar mais e fazer as sessões com privacidade.

    O método utiliza ainda imagens visuais estimuladas pela voz do professor, despertando atitudes corporais durante a aula. Como exemplos de metáforas visuais, o professor diz ao aluno para "arredondar os braços como se estivesse abraçando uma bola" ou "ficar com a coluna ereta como se encostasse a cabeça no teto". Os alunos colocam os músculos em ação, dirigindo a atenção para a prática correta do movimento.

    Autora : MICHELLE SCALON PEREIRA - Prof. Educação Física e 
    Vice Presidente da ABP


    Fonte: www.cintia.marski.org

    Fonte:


    00/00/0000

    25 BENEFÍCIOS DO PILATES


    25 Benefícios do Pilates que podem mudar sua vida!


     


     

    Os exercícios de Pilates, ao enfatizar a respiração profunda e adequada, o alinhamento da coluna, e a concentração para um movimento suave, proporcionam que você se sinta em sintonia com seu corpo, e faz com que o exercício beneficie o seu corpo por inteiro. A lista de benefícios do Pilates aumenta dia após dia, dê uma olhada abaixo na lista dos 25 Benefícios que listamo pra você.

     


    25 BENEFÍCIOS DO PILATES:


    1. É a melhor maneira de obter uma barriga lisa, especialmente após a gravidez;


    2. O Pilates melhora a postura. Pilates coloca muita ênfase no alinhamento adequado durante o exercício. Isso o torna mais consciente do seu corpo e da posição correta do seu corpo em todos os momentos.


    3. O Pilates lhe dá um corpo esguio e elegante como o de dançarino profissional.


    4. O Pilates ajuda pessoas que têm dor nas costas. Além de poder ser um grande aliado dos Fisioterapeutas no tratamento das pessoas com lesões nas costas ou quaisquer condições graves, como hérnia de disco ou graves desvios posturais, o Pilates também pode contribuir muito para o alívio das dores nas costas devido a um estilo de vida sedentário, rigidez muscular e tônus ​​muscular;


    5. O Pilates ajuda a perder peso. O Pilates em sozinho pode não fazer você perder peso em um período de tempo muito curto, mas se você adicionar ao Pilates aeróbicos e combiná-lo com uma dieta bem equilibrada, então você pode esperar alguns resultados realmente surpreendentes;


    6 . O Pilates ajuda a lidar com o desconforto e as dores durante o ciclo menstrual. Pratique alguns dias antes do início do ciclo e até mesmo durante a menstruação (escolhendo os exercícios mais fáceis), e você vai sentir a diferença;


    7. O Pilates vai torna-lo mais flexível. Diversos exercícios de Pilates aumentam a flexibilidade da parte posterior do seu corpo, a área que causa a maioria dos problemas para todos nós, bem como a sua flexibilidade em geral. Sendo mais flexíveis teremos menos lesões, menos dores relacionadas com os músculos tensos e um melhor desempenho em qualquer tipo de atividade física;


    8. Pilates energiza você, mesmo após o dia mais cansativo;


    9. Faz você se sentir leve e relaxado;


    10. O Pilates ajuda a esculpir seu corpo;


    11. O Pilates aumenta a densidade óssea;


    12. Purifica a sua mente enquanto ele exercita o seu corpo. O Pilates é uma técnica de interação mente e corpo que promove a saúde do seu corpo, bem como a saúde da mente e do equilíbrio interior;


    13. O Pilates melhora sua vida sexual porque lhe dá o corpo que você gosta, exercita os músculos pélvicos,  assim como, ajuda a entender e sentir mais e melhor o seu corpo;


    14. O Pilates ajuda a prevenir lesões nas suas articulações;


    15. O Pilates ajuda você a encontrar o seu equilíbrio interior e se livrar da ansiedade. Um estudo recente da Universidade de Tel Aviv descobriu que a simples prática de exercícios para o equilíbrio (como Pilates) pode resolver problemas de ansiedade;


    16. O Pilates melhora a coordenação neuromuscular;


    17. O Pilates pode ajudar a melhorar a memória. Exercícios que incluem exercícios de coordenação, assim como sequencias de alguns exercícios ajudam a melhorar a memória;


    18. Exercícios de Pilates no solo podem ser praticados em qualquer lugar;


    19. O Pilates melhora a estabilidade e equilíbrio em idosos. Este é um fato muito importante, pois pode melhorar significativamente a qualidade de vida das pessoas idosas;


    20. O Pilates fortalece o seu Core (músculos responsáveis pela sustentação do seu corpo). Os  exercícios de Pilates focam a ativação do Core, ou centro de força, como ponto de partida para todos os movimentos, o que garante abdominais e costas fortes;


    21. O Pilates promove a consciência do corpo, o que muda a maneira de sentar, andar e olhar;


    22. O Pilates ensina controle do corpo. Os exercícios de Pilates não isolam cada um dos seus grupos musculares para serem executados, em vez disso exercita o seu corpo como um todo, oque não cria desequilíbrios musculares que são comuns a outros tipos de exercícios;


    23. O Pilates melhora a circulação sanguínea em seu corpo, o que torna a pele mais radiante e seu corpo saudável;


    24. O Pilates tem se mostrado eficaz no alívio dos sintomas da fibromialgia, artrite e artrose, bem como na recuperação depois do câncer (particularmente o câncer de mama) e outros procedimentos cirúrgicos (principalmente joelho, quadril e cirurgias no pé);


    25. O Pilates melhora a qualidade do sono e o humor;


    Esta lista está longe de ser completa, além destes benefícios, o Pilates pode lhe trazer diversos outros. A melhor maneira de descobrir o que o Pilates pode fazer por você é matricular-se e praticá-lo!


     


    Fonte: www.haipilates.com


    Fonte:


    00/00/0000

    Pilates X TPM (Tensão Pré Menstrual)

    Pilates X TPM (Tensão Pré Menstrual)


    Os famosos sintomas da TPM como inchaço, irritação e dor conseguem desanimar qualquer mulher que esteja pensando em se exercitar, ou se divertir, mas estudos comprovam que praticar alguma atividade física traz benefícios para a mulher e ajuda a atenuar os inconvenientes do período menstrual.
    Isso acontece porque o exercício físicoaumenta o metabolismo, favorece a circulação sanguínea, libera hormônios como a endorfina, ligado a sensação de prazer e bem estar, o que acarreta uma perceptível melhora nas funções vitais do corpo.


    Atividades como o Pilates tem mostrado resultados no combate à TPM, principalmente em mulheres que sofrem muito com as cólicas. Pilates é um método de alongamento e exercício físico que utiliza o peso do próprio corpo na execução. É uma técnica composta por exercícios fundamentados na anatomia humana, com a intenção de aumentar a flexibilidade e a força muscular, corrigir a postura e melhorar a respiração.


    A prática do Pilates ajuda a ter um melhor fluxo sanguíneo, melhora o humor e diminui o inchaço que as mulheres costumam ter antes e durante o período menstrual. Além disso, o exercício mexe com o emocional, deixando as mulheres mais centradas no sentido físico e mental. Existem produtos naturais que também contribuem para a melhora dos sintomas da TPM, portanto, as bolsas de água quente e os remédios para cólica já podem ser substituídos por atividades físicas, faça o teste com Pilates.


    Fonte: haipilates.com

    Fonte:


    00/00/0000

    BENEFÍCIOS DO PILATES PARA OS HOMENS


    BENEFÍCIOS DO PILATES PARA OS HOMENS



     



    Hoje, a grande maioria do público praticante de Pilates é feminino. Mas essa realidade vem mudando. Os benefícios do Pilates são facilmente listados quando o assunto é mudança na estética corporal, assunto que interessa e muito o público feminino.


    Mas onde o homem entra nesses benefícios? Se o Pilates for visto apenas como uma modalidade para fins estéticos, sempre será reconhecido como uma modalidade prioritariamente feminina, mas temos que deixar claro que os benefícios vão muito além da melhora e desenvolvimento estético do nosso corpo. Os pontos a serem destacados são inúmeros, mas como essa matéria é voltada para a importância do Pilates na vida do homem, vamos listar e entender como atuamos no bem estar e saúde do público masculino.


    Benefícios do Pilates para o homem:


    - Uma das principais deficiências masculinas quando o assunto é exercício físico é a pouca ou nenhuma flexibilidade de seus músculos. Isso fica fácil de notar quando vemos os famosos “atletas de final de semana” jogando futebol e resultando em um dolorido estiramento muscular por pura falta de flexibilidade e fortalecimento muscular. O Pilates atua no ganho e melhora dessa elasticidade, uma vez que promove o alongamento global da musculatura visando sua manutenção e ganho de amplitude e qualidade de movimento;


    - Um dos benefícios que mais chamam a atenção dos homens no geral é a possibilidade de trabalhar músculos quase nunca trabalhados em musculação, ou outras modalidades esportivas, como a musculatura do core (que se localiza logo abaixo da caixa torácica), que é o centro de força do nosso corpo e responsável pela manutenção da nossa postura, no que resulta em uma ótima preservação e alinhamento da coluna;
    - É uma modalidade completa que trabalha todos os músculos do corpo, prevenindo lesões, complementando e qualificando o rendimento em outros tipos de esportes quando associado como preparação para outras modalidades esportivas;


    - Redução do risco de câncer de próstata que ocorre também com o envelhecimento por conta da deterioração da musculatura de assoalho pélvico. O Pilates atua no fortalecimento dessa região, retardando assim, essa deterioração natural do corpo e também trazendo uma melhora do seu desempenho sexual pelos mesmos motivos;


    - Redução do estresse, com o trabalho da respiração e o movimento lento;


    - E por fim, a melhora e ganho da resistência física, que é muito importante no dia a dia de todo homem, não só para a realização dos afazeres diários, mas também para a qualidade de saúde, melhora de dores crônicas e prevenção das mesmas.


    Com todos esses benefícios não há por que você,  homem,  não procurar essa atividade que vem crescendo e mudando a vida de tantas pessoas de ambos os sexos, trazendo melhora na disposição e qualidade de vida.


    E aí? Tá esperando o que? Vem pro Pilates você também!


    Fonte: Revista Pilates


     


    Maiores informações (16) 3336-2717


     



    Fonte:


    00/00/0000

    A POSTURA COM O PASSAR DO TEMPO


    A POSTURA COM O PASSAR DO TEMPO


     

    Um dos grandes benefícios da prática do método Pilates é a melhora da postura. Inicialmente o método utilizava a coluna retificada, isto é, buscava uma coluna plana como referência de boa postura.


    Atualmente, através de estudos científicos, o método Pilates busca manter as curvaturas naturais da coluna. Mas por que devemos manter essas curvas? 


    A posição ereta do homem só foi possível pelas modificações que surgiram na coluna. Tais mudanças ocorrem, não apenas por opção, mas sim por necessidade de sobrevivência. A cabeça deve se equilibrar na porção superior da coluna e dessa maneira permitir que os olhos fiquem voltados à frente. Como a cabeça e o tronco tiveram que se equilibrar sobre os membros inferiores através da cintura pélvica e o corpo todo se apoiar nas plantas dos pés, o centro de gravidade acabou sendo alterado.


    Tais mudanças só foram possíveis devido ao aparecimento das curvas lordóticas secundárias: lordose cervical e lordose lombar, que desempenharam papel fundamental no aparecimento de massa muscular. Desta maneira desenvolveu-se uma força antigravitacional que permitiu que os primatas se erguessem do chão, mantessem a postura ereta e andassem. Esses atos eram voluntários comandados pelo nosso Sistema Nervoso Central, e com o passar dos séculos se transformaram em atos regulados pelo sistema nervoso involuntário e pelo sistema fuso muscular.


    De acordo com KNOPLICH (2003), quando o homem ficou em pé, a função da pelve ficou muito mais complexa. O assoalho pélvico teve que aumentar sua eficiência, se dividindo em camadas de músculos que se cruzaram para dar mais sustentação.


    Esse é um dos motivos do seu instrutor de Pilates sempre pedir o acionamento dessa musculatura. O ideal é que assoalho pélvico seja acionado apenas cerca de 20 a 25% de sua força total para uma boa estabilização.


    Atualmente estudos mostram a evolução da postura através do crescimento. No útero o feto tem uma postura cifótica e no pós-natal (nas primeiras semanas) começa a aparecer uma musculatura antigravitacional formando a lordose cervical. Aos nove meses surge a musculatura da região lombar, onde a criança começa a engatinhar e a sentar. Durante os primeiros dois anos de vida as vértebras lombares crescem rapidamente e, como consequência, o alongamento da coluna lombar e o aumento dos glúteos o deixam em pé. Dos 10 aos 12 anos é o período mais estático, que coincide com o início do arranco do crescimento.


    Para KENDALL, uma postura boa ou ideal é a posição do corpo que envolve o mínimo de estiramento e de estresse das estruturas corporais, com o menor gasto de energia para obter o máximo de eficiência no uso do corpo. Esses autores acreditam que usar linhas como referência passando no meio do corpo, tanto em vista anterior, posterior e lateral, pode-se obter uma postura estática padrão, desde que essa linha postural coincida com a linha de gravidade (Linha de prumo).


    Já Palmer & Apler (2000) definem a postura correta como o “alinhamento do corpo com eficiências fisiológicas e biomecânicas máximas, o que minimiza os estresses e as sobrecargas sofridas ao sistema de apoio pelos efeitos da gravidade”.


    Isto quer dizer que as curvas da coluna existem para diminuir o impacto causado pela ação da gravidade, além de oferecer mais eficiência muscular.


    Cada pessoa apresenta características individuais de postura, que pode vir a ser influenciada por vários fatores:


    - Anomalias congênitas e/ou adquiridas;
    - Obesidade;
    - Alimentação inadequada;
    - Excesso de exercício físico;
    - Sedentarismo;
    - Atividades físicas sem orientação e/ou inadequadas;
    - Distúrbios respiratórios;
    - Desequilíbrios musculares;
    - Frouxidão ligamentar;
    - Doenças psicossomáticas.


    A postura também pode ter relação com os seguintes aspectos:


    Socioculturais: Cada cultura pode adotar diversos hábitos posturais, tais como formas de dormir, lugares onde dormir, formas de caminhar, dançar, sentar, vestimentas.


    Psicológicos: Percepção pessoal em relação ao mundo. Como a pessoa se sente e se porta em relação aos outros e perante certas situações. Estas atitudes geralmente estão associadas à personalidade de cada um.


    Biológicos: São as características biológicas de cada ser humano. Aspectos anatômicos (largura, comprimento e forma dos ossos), fisiológicos (níveis de flexibilidade, força, resistência, etc.), genéticos (diferentes etnias), e biomecânicos (funcionalidade do movimento).


    Nas aulas de Pilates buscamos exatamente reequilibrar o corpo, alinhar e restaurar as estruturas corporais próximas ao ideal, para que o corpo seja o mais eficiente possível, através de um trabalho individualizado, pois não podemos deixar todas as questões citadas anteriormente despercebidas.


    Por isso é importante escolher um bom profissional, afinal mesmo no Pilates podemos nos lesionar ou dar mais ênfase aos desvios posturais, devido à má escolha dos exercícios.


    Referências Bibliográficas:


    Knoplich, J. – Enfermidades da coluna vertebral: Uma visão clínica e fisioterápica. São Paulo, Robe editorial, 3ª Edição, 2003.


    Kendall, H. O.; Kendall, F. P.; Boynton, D. A. – Posture and pain. N. York, Krieger, 1977.


    FONTE: Revista Pilates [Profª Esp. Marcela Piston
    Full Certification STOTT Pilates
    Coordenadora dos Studios Showa Pilates +Funcional e Showa SuperCore
    Coordenadora técnica da equipe de docentes da Pilates Institute]


     


    Fonte:


    00/00/0000

    #PILATESCONSCIENTE

    Está pensando em começar a praticas o Pilates? 


     


    Hoje em dia não é mais novidade ouvirmos sobre os benefícios de se praticar Pilates. Cada vez mais encontramos adeptos ao método. A única questão que ainda nos cerca é: onde e com quem devo praticar? Uma decisão que, por vezes, perturba quem vai iniciar a prática de Pilates.


    As aulas em grupo, além do custo reduzido, atendem as pessoas que realmente se sentem mais à vontade em uma turma. Outras, preferem atenção individual. Então essa escolha pode depender de sua preferência. Nas aulas particulares o investimento é maior, porém, o professor tem atenção total para uma pessoa somente.


    Vale um alerta às pessoas com qualquer tipo de restrição física, como alguma lesão que poderá interferir em seu desempenho durante a aula em grupo. Nesse caso, então, prefira as aulas individuais. As pessoas que se incluem nos chamados “grupos especiais”, como gestantes, por exemplo, devem optar por aulas particulares ou encontrar uma clinica onde as aulas em grupo são voltadas somente para a sua especialidade.


    A melhor prática do Pilates acontece com informações simples e seguras. Nas aulas iniciais os clientes terão o primeiro contato com o que chamamos de alinhamento ideal, postura padrão, respeito às curvas fisiológicas naturais da coluna, e deverão ser instruídos a executar movimentos sem tensões desnecessárias e com precisão. Mas lembre-se: existirão exercícios completamente diferentes de tudo o que já fizeram. O cliente sempre saberá de seus objetivos e os professores das necessidades e limitações deles, por isso, mesmo nas aulas em grupo, as modificações são essenciais.


    O ritmo no início é um pouco mais lento, mas ao mesmo tempo pode ser intenso. Aos poucos tudo se torna mais claro e a execução tem um mínimo de gasto energético, ou seja, o cliente conseguirá ativar a musculatura correta em cada fase de cada exercício e com a respiração certa em cada movimento.


    Fazer aulas de Pilates também é responsabilidade do cliente. No começo a sensação pode ser “frustrante”, podemos nos sentir recebendo muita informação ao mesmo tempo, e é essa mesmo a impressão que se deve ter. É com a prática que descobriremos como controlar e dominar a fluência dos movimentos. Nós vamos lidar sempre com desafios para nos movimentar com segurança e mais eficiência. Então, faça a escolha certa, pratique inteligência corporal e escolha o #PilatesConsciente!


     


    Fonte: Coluna Pilates Consciente - Revista Pilates

    Fonte:


    00/00/0000

    PILATES: TEMPO DE PRÁTICA X RESULTADOS

    PILATES:


    TEMPO DE PRÁTICA X RESULTADOS


     

    Imediatismo é a palavra da vez para a maioria dos iniciantes do Pilates. ‘’Quando vou parar de sentir dores?’’, ‘’Vou emagrecer com Pilates?’’, ‘’Quando vou poder fazer exercícios avançados?’’. Essas são apenas algumas das frases típicas dos alunos, que demonstram a ansiedade em conquistar um novo corpo e evoluir dentro do método.


    Mas nada se conquista da noite para o dia, já começamos por aí! Ninguém emagrece de forma saudável em dois dias, não define o corpo e nem aprende a controlar o corpo em tão pouco tempo. O trabalho da Contrologia é difícil, e é necessário paciência e perseverança para alcançar os resultados, que são muitos.


    Embora cada aluno trabalhe com um objetivo específico, o ganho na qualidade de vida é evidente para todos. O tempo de prática, a frequência e o modo que você executa os exercícios são os fatores que mais influenciam nos resultados. E não podemos esquecer de citar a alimentação também. Por isso é muito importante manter o acompanhamento de uma nutricionista ao longo do processo.


    O Pilates ajuda a perder peso, sim. Mas ele sozinho não pode fazer isso. Se você somar Pilates aos aeróbicos, e combiná-los com uma dieta bem equilibrada, aí sim você pode esperar alguns resultados realmente surpreendentes.


    O método oferece muitos benefícios para os praticantes. Entre eles, a boa postura, consciência corporal, alívio de dores e tônus muscular. Mas os benefícios só podem ser sentidos se você manter uma boa frequência nas aulas. Se você for daqueles alunos turistas, que aparecem uma vez no mês, não espere milagres.


    Embora algumas melhorias sejam sentidas já nas primeiras aulas, a maior parte delas chega a médio ou longo prazos. Por esse motivo, você deve manter-se comprometido para conquistar os resultados esperados.


    Siga os conselhos e afirmações do mestre Joseph:


    - ‘’Com 10 sessões você perceberá a diferença, com 20 sessões os outros irão perceber a diferença e com 30 sessões você terá um novo corpo.’’


    - “Se aos 30 anos você está sem flexibilidade e fora de forma, você é um velho. Se aos 60 anos você é flexível e forte, você é um jovem.”


    - “Respeite seu próprio ritmo.”


    - “Não interessa o que você faz e, sim, como você faz.”


    A melhor maneira de descobrir o que o Pilates pode fazer por você é matricular-se e praticá-lo muito! Estamos entendidos?


    Fonte Revista Pilates


     


    Venha conhecer todos os benefícios e sentir todas as mudanças que o Pilates pode proporcionar. Venha para o Pilates na Transformare! 


    Mais informações pelo telefone (16) 3336-2717


    #pilates #transformare #saude #bemestar #fisioterapia 


     

    Fonte:


    00/00/0000

    PILATES E A CEFALEIA

    PILATES E A CEFALEIA





    Dia 2 de Junho foi o Dia de Combate a Cefaleia. Você saber por quê? Estima-se que cerca de 90% da população mundial já apresentou ou irá apresentar um episódio de cefaleia ao longo da vida. Dor de cabeça é a dor em qualquer região da cabeça.


    A cefaleia tensional é o tipo mais comum de dor de cabeça e é dela que vamos falar por aqui.  Suas causas não são bem compreendidas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia, cerca de 38% a 74% dos brasileiros sofrem com cefaleia tensional. Ao contrário do que muitos pensam, esse tipo de dor de cabeça não tem relação direta com a tensão emocional.


    Ela ocorre normalmente devido a tensão nos músculos do pescoço, cabeça, mandíbula e ombro. É caracterizada por dor difusa, de leve a moderada na cabeça, descrita como a sensação de uma faixa apertando o crânio. A cefaleia tensional, cuja a causa está relacionada a contração involuntária e crônica de músculos, pode durar entre 30 minutos e vários dias. E o que leva o indivíduo a ter estas tensões musculares que levam a dor? Vejamos:


    - Estilo de vida sedentário;
    - Repouso insuficiente;
    - Má postura;
    - Estresse emocional ou mental, incluindo depressão;
    - Cansaço;
    - Excesso de exercícios;
    - Estresse físico;
    - Oscilação de peso;
    - Fadiga;
    - Fumo em excesso, entre outros.


    Torna-se importante para a melhora do quadro, que os fatores que  causam a cefaleia do tipo tensional sejam controlados. Portanto, nada melhor que o Pilates, que tem sua “alma” na filosofia da Contrologia: “A ciência e a arte de coordenar o desenvolvimento do corpo, mente e espírito, através de movimentos naturais e o rígido controle da vontade”.  É a integração do ser global.  Respiração, Precisão, Fluidez, Concentração e Controle, são as bases do Método,  que contempla  a saúde de seus praticantes com  muitos benefícios, tais como, melhora da força muscular, do alongamento global, da postura,  da concentração, além de  relaxar, elevar a autoestima,  combater o estresse, dentre outros.


    O praticante do Pilates adquire no decorrer da prática, o conhecimento de construir o movimento funcional a partir de “gatilhos” intrínsecos, fazendo com que mover-se torne-se natural, partindo da consciência corporal adquirida. Conhecendo melhor as estratégias compensatórias e de fuga de seu corpo, o indivíduo torna-se capaz de atentar aos fatores que desencadeiam, por exemplo, tensões musculares, que consequentemente podem desencadear as cefaleias tensionais.


    Então, o Pilates ajuda no alívio das cefaleias tensionais? Claro que sim!


    E você? Está esperando o que para mergulhar no mundo do Pilates?


    FONTE: Revista Pilates


     



    Fonte:


    00/00/0000

    Quando a preocupação com a alimentação e o exercício passa dos limites


    Quando a preocupação com a alimentação e o exercício passa dos limites



     

     


    Responda rápido: você come para viver ou vive para comer? ''Quando a preocupação com a qualidade da alimentação cresce de modo obsessivo, a ponto de ofuscar o prazer das refeições, há algo de errado'', adverte Alice Amaral, médica nutróloga e especialista em medicina do exercício e do esporte, de Juiz de Fora (MG). Prova desse excesso de cuidado é a mudança de foco. Você mesma deve ter uma amiga que não toma leite, ingere cálcio; não saboreia um suculento bife, consome proteína; não desfruta de uma taça de vinho, ingere a dose diária de resveratrol. Churrasco ou comidinha de botequim com os amigos de vez em quando passou a ser proibido. Festa de criança, nem pensar. Não há trégua nem nas celebrações familiares: no lugar de degustar a tradicional macarronada da mamma, leva a marmita com filé de frango e alface a tiracolo.


    A neura por um corpo saudável e em forma também invade o treinamento. Nada é mais importante do que malhar horas direto, mesmo não sendo atleta e tendo que recusar convites para ir ao cinema e a outros compromissos sociais e profissionais. Faltar um dia à academia para dormir parece um crime inafiançável. O tempo todo é preciso seguir regras, cada vez mais rígidas. E a vida vai ficando chata. O mais irônico é que tanto sacrifício pode ter o efeito oposto ao esperado: em vez de ficar mais disposta e vigorosa, a sensação é de estar fraca e sem energia. Escondidos por comportamentos supostamente corretos, transtornos como ortorexia (vício por alimentos saudáveis) e vigorexia (prática excessiva de exercícios) causam prejuízos ao corpo e a outras esferas da vida. Vale a pena questionar: há risco de você também entrar nessa zona de perigo?


    Sinais de alerta


    Pistas de que os excessos cometidos estão colocando sua saúde em risco e de que a relação com o espelho não anda bem. Caso reconheça em você algum destes sinais, não quer dizer que sofra obrigatoriamente de um transtorno, mas pode ser um pretexto para avaliar seus hábitos e investir em um estilo mais leve



    • Deixar que sua vida se resuma a cuidar da alimentação e/ou treinar, paralisando outros setores, interferindo na carreira, nas relações afetivas, nos convites para happy hours, festas de aniversário e confraternizações.

    • Recriminar-se por sair da dieta em alguma ocasião e, para compensar, em vez de escolher alimentos magros, fazer jejum por dias consecutivos.

    • Passar mais de uma hora diária na frente do espelho e/ou se pesar duas ou três vezes por dia.

    • Apresentar unhas fracas, queda de cabelos e cansaço.

    • Sofrer lesões musculares frequentes ou terminar o treino mais exausto do que o esperado.

    • Ter um índice de massa corporal abaixo de 17 (o normal é entre 18,5 e 24,9) e percentual de gordura inferior a 15 (para mulher, o esperado é entre 20 e 28%). A menos que seja uma atleta de alto rendimento, são sinais de magreza excessiva.

    • A cintura apresentar uma medida inferior a 65 centímetros (exceto se for descendente de japoneses). Esse índice é baixo para a estrutura óssea média da brasileira.


    O caminho de volta


    Para quem acha que está entrando em território perigoso, a primeira providência é procurar um médico e avaliar a saúde, orienta o endocrinologista Pedro Assed. Em geral, o tratamento da ortorexia, da vigorexia e de outros transtornos da autoimagem envolve a participação de vários profissionais.


    A começar de um psiquiatra para superar a ansiedade e a obsessão.Antidepressivos, como os inibidores da recaptação da serotonina, ajudam a vencer o comportamento obsessivo", diz o psiquiatra Marcelo Papelbaum. A psicoterapia, especialmente a terapia comportamental cognitiva, permite transformar as crenças que estão por trás dos comportamentos a fim de modificá-los. A orientação de um médico nutrólogo ou de um nutricionista colabora no ajuste da alimentação e na correção de carências nutricionais.


    E o acompanhamento de um educador físico equilibrado alivia a pressão por resultados inalcançáveis, aumentando as chances de chegar ao melhor de cada um.


     


    FONTE: Revista Boa Forma /ed.Abril


    Fonte:


    00/00/0000

    PILATES DURANTE A MENOPAUSA

     


    PILATES DURANTE A MENOPAUSA


    A menopausa é um dos eventos biológicos que acontece na vida de todas as mulheres com idade entre 40 à 45 anos de idade, e pode refletir tanto na mente como no corpo.


    Os sintomas da menopausa variam de mulher para mulher, seus principais efeitos são redução da memória e da atenção; aumento considerável de ondas de calor, que podem vir acompanhadas de transpiração, ansiedade e irritabilidade; cansaço; fragilidade dos ossos; entre outros sintomas.


    Durante a menopausa a mulher deixa de produzir hormônios, e isso pode gerar riscos à saúde. Neste período a mulher deve ter uma alimentação rica em nutrientes como zinco, ácido fólico e magnésio. Também é importante evitar bebidas alcóolicas, cigarro e deve-se manter uma rotina de atividades físicas.


    O Pilates pode auxiliar na redução de alguns sintomas do período, e até mesmo na prevenção ou retardo do aparecimento de outros, pois proporciona à mulher diversos benefícios, como resistência e alinhamento da postura.


    O método Pilates ajuda a evitar a ansiedade e irritabilidade, ameniza os sintomas da variação hormonal, enxaquecas, retenção de líquidos, age na força muscular, melhora disposição e bom humor, aumenta a concentração, trabalha o equilíbrio e a flexibilidade.


     

    Fonte: Revista Pilates


    00/00/0000

    PILATES DURANTE A MENOPAUSA

     


    PILATES DURANTE A MENOPAUSA


    A menopausa é um dos eventos biológicos que acontece na vida de todas as mulheres com idade entre 40 à 45 anos de idade, e pode refletir tanto na mente como no corpo.


    Os sintomas da menopausa variam de mulher para mulher, seus principais efeitos são redução da memória e da atenção; aumento considerável de ondas de calor, que podem vir acompanhadas de transpiração, ansiedade e irritabilidade; cansaço; fragilidade dos ossos; entre outros sintomas.


    Durante a menopausa a mulher deixa de produzir hormônios, e isso pode gerar riscos à saúde. Neste período a mulher deve ter uma alimentação rica em nutrientes como zinco, ácido fólico e magnésio. Também é importante evitar bebidas alcóolicas, cigarro e deve-se manter uma rotina de atividades físicas.


    O Pilates pode auxiliar na redução de alguns sintomas do período, e até mesmo na prevenção ou retardo do aparecimento de outros, pois proporciona à mulher diversos benefícios, como resistência e alinhamento da postura.


    O método Pilates ajuda a evitar a ansiedade e irritabilidade, ameniza os sintomas da variação hormonal, enxaquecas, retenção de líquidos, age na força muscular, melhora disposição e bom humor, aumenta a concentração, trabalha o equilíbrio e a flexibilidade.


     

    Fonte: Revista Pilates


    00/00/0000

    PILATES DURANTE A MENOPAUSA

     


    PILATES DURANTE A MENOPAUSA


    A menopausa é um dos eventos biológicos que acontece na vida de todas as mulheres com idade entre 40 à 45 anos de idade, e pode refletir tanto na mente como no corpo.


    Os sintomas da menopausa variam de mulher para mulher, seus principais efeitos são redução da memória e da atenção; aumento considerável de ondas de calor, que podem vir acompanhadas de transpiração, ansiedade e irritabilidade; cansaço; fragilidade dos ossos; entre outros sintomas.


    Durante a menopausa a mulher deixa de produzir hormônios, e isso pode gerar riscos à saúde. Neste período a mulher deve ter uma alimentação rica em nutrientes como zinco, ácido fólico e magnésio. Também é importante evitar bebidas alcóolicas, cigarro e deve-se manter uma rotina de atividades físicas.


    O Pilates pode auxiliar na redução de alguns sintomas do período, e até mesmo na prevenção ou retardo do aparecimento de outros, pois proporciona à mulher diversos benefícios, como resistência e alinhamento da postura.


    O método Pilates ajuda a evitar a ansiedade e irritabilidade, ameniza os sintomas da variação hormonal, enxaquecas, retenção de líquidos, age na força muscular, melhora disposição e bom humor, aumenta a concentração, trabalha o equilíbrio e a flexibilidade.


     

    Fonte: Revista Pilates


    00/00/0000

    COMO ESCOLHER UM ESTÚDIO PARA PRATICAR PILATES?

    COMO ESCOLHER UM ESTÚDIO PARA PRATICAR PILATES? 


    Pilatear é o máximo, ainda mais quando se tem a orientação de um super profissional, não é mesmo? A gente sabe que quando se vai a um estúdio praticar pela primeira vez, as dúvidas são muitas. Você já pensou sobre o que levar em conta quando escolher o studio ou clinica de pilates? Nos separamos alguns motivos/razões para você refletir sobre o assunto. 


    Se você pensou que o valor é fator decisivo para isso, pare já, pilateiro! Existem fatores muito mais importantes que garantirão sua evolução, sua saúde e muito mais que o simples fato de economizar dinheiro. Quando se trata de saúde, não se brinca. Se você pode gastar com lazer, com salão, com viagens, seja lá o que for, pode investir no bem estar para ter uma vida saudável, um corpo bonito e uma mente tranquila (ao invés de gastar com hospital e remédios).


    Fizemos uma pequena lista com os itens principais que ajudarão você a escolher um bom estúdio para iniciar a prática. São eles:


    - Localização : fica próximo à sua casa, escola/faculdade, trabalho? Escolha um local onde tenha fácil acesso, se não a chance de faltar por desculpa da distância é certa.


    - Formação do instrutor:  é um Fisioterapeuta ?  Tem formação no método? Se não for, caia fora. Esses profissionais são os únicos habilitados a dar aulas de Pilates.


    - Tempo de trabalho: Há quanto tempo o instrutor trabalha na área? Ele tem experiência e se esforça em aprender cada vez mais para ensinar aos alunos sobre o método?


    - Aparelhos disponíveis: Quantos aparelhos há disponíveis para os alunos? As aulas são Pilates solo?


    - Quantidade de alunos por hora/aula: Seu instrutor dá aulas em grupo ou individuais? Ele terá condições de dar atenção para seus movimentos o tempo inteiro?


    - Ventilação: O estúdio é bem ventilado? Lugares sem boa circulação de ar tem chances de proliferação de bactérias.


     


    Fonte: REVISTA PILATES


     


    E agora fica o convite da nossa equipe para você conhecer nossa clinica e nosso espaço de pilates, pensando em atender todos os itens citados na reportagem acima e muitos outros, buscamos oferecer o melhor serviço de PILATES, com profissionais altamente qualificados e constantemente atualizados assim como um espaço fisico confortável e adequado para a pratica do método pilates. Nossas aulas atem grupos de até 6 pessoas e contamos com uma variedade enorme de acessorios. Venha conhecer o PILATES da TRANSFORMARE. 


    Mais informações ligue (16) 3336-2717 e agende uma aula experimental. 


    #PILATES #SAUDE #BEMESTAR #FISIOTERAPIA #TRANSFORMARE


    www.transformaresaude.com.br 


     


    Fonte:


    00/00/0000

    EXERCÍCIOS DE RELAXAMENTO PARA O PILATES

     


    EXERCÍCIOS DE RELAXAMENTO PARA O PILATES


     

    A proposta de hoje é beneficiar os apaixonados pelo pilates com um pouco de alongamento, relaxamento e equilibrio. 


    Todos os exercícios físicos proporcionam um melhor rendimento físico, e com a melhora do físico, a mente com certeza se beneficia. Uma vez que os exercícios trabalham força, equilíbrio, alinhamento postural, o organismo libera endorfina, lhe deixa mais relaxado e com uma maior performance física.


    Então separe  cinco minutos para dar atenção ao seu corpo. Mantenha os olhos fechados para dessa forma prestar mais atenção em si mesmo.


    Primeiro puxe o ar o máximo que puder como se você estivesse puxando tudo aquilo que quer, como amor, paz, esperança e dinheiro. Traga para si aquilo que realmente acha importante para sua vida.


    Soltando o ar vamos tire tudo aquilo que não quere mais (raivas e tristezas).


    Soltar o ar é muito comum em lutas para ter mais força (o ato de soltar o ar ou a expiração na luta é representado por um grito), no ballet para ter mais equilíbrio, e assim por diante). Vamos repetir esse exercício três vezes (puxar o ar lhe proporcionando uma tela mental positiva) e soltar o ar tirando tudo o que deve ser eliminado.


    Agora vamos sentir o pé dentro do sapato: relaxe, como se ele estivesse se soltando, se desprendendo, se desfazendo. O pé é muito importante no dia-a –dia, nos auxilia no andar e nos mantém em pé.


    Agora vamos rodar o pé, primeiro para o lado direito e depois para o lado esquerdo. Perceba que ao fazer isso estamos gerando um maior equilíbrio de todo o corpo, ao se manter em um pé só. Ao mesmo tempo que rodam, prestem atenção na respiração, o entrar forçado do ar, assim como o sair. Essa respiração forçada ativa os músculos.


    Vamos colocar um pé na frente e o calcanhar do pé da frente coloque encostado nos dedos do pé de trás. Ao mesmo tempo que mantemos nessa posição por 20 segundos, vamos rodar a cabeça e continuar a respiração. A respiração, além de acalmar proporciona mais equilíbrio. Não é à toa que muitos esportes apresentam para um maior rendimento a atuação da respiração.


    Vamos agora chacalhar uma perna, soltando-a e deixando-a cada vez mais leve. Primeiro uma e depois a outra perna. Não esqueça de respirar e soltar tudo aquilo que não deseja mais. Vamos agora rodar o braço em toda sua extensão, sempre respirando.


    Relaxe a cabeça primeiro para um lado, desça o ombro, direcionando a mão para o chão e a cabeça inclinada no sentido oposto. Primeiro de um lado e depois de outro lado.


    Vamos finalizar elevando o ombro para cima e abaixar soltando o ar. Abra o olho bem devagar, bem relaxado e tranquilo.


    Saúde e felicidade para todos nós!


    Essa é a nossa dica para o fim de semana! Relaxe! Alonge-se! Respire! E aproveite a vida! 

     

    #TRANSFORMARE #Saude #bemestar #pilates 

    Fonte:


    00/00/0000

    Pilates na Puberdade

    Pilates na Puberdade


    Passadas as fases de automatizações motoras da infância, na puberdade temos o resultado de muito ou pouco estímulo, em uma estrutura física que se modifica em um piscar de olhos com os estirões. Além da confusão de uma personalidade que se depara com muitas adversidades no âmbito social e familiar.


    E é em meio a este turbilhão de acontecimentos que somos requisitados pelos pais. Por queixas diversas, desvios posturais, relatando todo esse “desajeitamento” da estrutura física dos filhos, que sabemos ser normal desta fase, onde corpo e mente tentam se alinhar em velocidade, para organizar o padrão psicomotor.


    O Pilates é um método que por toda sua filosofia, princípios e necessidade de um olhar profissional atento, permite uma visão holística e cuidadosa do indivíduo.
    A exemplo, podemos observar tecnicamente o que causaria uma hipercifose em uma adolescente, desequilíbrio de cadeias ou até uma postura escolar ou domiciliar inadequada, entre outros pontos.


    No entanto, é importante observar as transições físicas, e como o indivíduo se relaciona com isso. A exemplo, seios que começam a apontar e por timidez os ombros se projetam a frente, gerando um desalinho importante em sua estrutura. O Pilates é sem a menor sombra de dúvida o melhor método para que um profissional guie seu filho a um caminho seguro de consciência corporal, educando o corpo e estimulando-o a acompanhar as mudanças relativas ao seu crescimento, garantindo um corpo saudável.


    Como já dizia o nosso mestre, “Pilates desenvolve um corpo uniforme, corrige posturas erradas, restaura a vitalidade física, vigora a mente e eleva o espírito. Através do Pilates, você primeiro adquire o controle completo do seu próprio corpo e depois, através da repetição adequada de seus exercícios, você gradual e progressivamente consegue ritmo e coordenação natural em todas suas atividades subconscientes”.


     

    Fonte: Revista Pilates


    10/04/2015

    Pilates e as Dores Articulares

    O PILATES E AS DORES ARTICULARES 


     


    Os exercícios do Pilates tem como objetivo aumentar resistência muscular, a estabilidade articular, a potência muscular e o equilíbrio.


    Existem diversas acessórios que podem auxiliar de diferentes maneiras e intensidades. O Pilates é uma atividade de baixo impacto e seus exercícios  ajudam a evitar lesões. 


    O Pilates  ajuda na prevenção de patologias das articulações, dando maior estabilidade quando elas estão enfraquecidas por conta de algum problema de saúde, sedentarismo ou até mesmo traumas. O fortalecimento muscular e a articulação estável podem ser obtidos com diversos exercícios do Pilates. Cada exercício e acessório se ajustará de acordo com o peso e intensidade  que cada aluno consegue suportar, de um modo que não haja incomodo ou dor.


    O Pilates vem cada vez mais ajudando na prevenção e na recuperação de muitas pessoas, pois o método trabalha toda a musculatura abdominal, lombar e pélvica. É também bastante eficaz contra as dores crônicas e contra lesões nos tornozelos ejoelhos, já que corrige desequilíbrios musculares.


    Os exercícios de baixo impacto no Pilates ajudam a fortalecer todo o corpo e melhoram a sustenção da coluna. Quer saber de mais benefícios? Venha conhecer o PILATES na TRANSFORMARE. 


    (16) 3336-2717


    www.trasnformaresaude.com


     

    Fonte:


    06/03/2015

    Epicondilite Lateral - SAIBA COMO O PILATES PODE AJUDAR!

    Você sabe o que é a Epicondilite lateral e como o Pilates pode ajudar?


    A Epicondilite consiste em uma condição degenerativa que atinge um grupo de tendões que trabalham na extensão do punho e dos dedos. Eles se fixam em um ponto comum, chamado Epicôndilo Lateral, uma proeminência óssea localizada na parte lateral do cotovelo. É chamada também de Cotovelo de Tenista, mas na grande maioria dos casos acomete não-esportistas e é mais comum na quarta e quinta décadas de vida.


    A causa é a sobrecarga da musculatura citada nos gestos esportivos, nos movimentos repetitivos em atividades manuais, no posicionamento errado na musculação (ou até no Pilates) e também no computador (quando o antebraço permanece apoiado sobre a mesa e o punho se dobra para cima para manusear o mouse e o teclado).


    A queixa principal do paciente é a dor, geralmente localizada no cotovelo, mas que pode se irradiar pelo antebraço. Apesar da localização do sintoma, não há acometimento na articulação do cotovelo, já que a origem do problema encontra-se no punho.


    O tratamento baseia-se em corrigir a causa, o que por si só já será capaz de reduzir o quadro álgico. O uso do gelo, ultrassom e faixa tensora auxiliam, porém, sozinhos não resolvem o problema.


    Agora entrando no mundo do Pilates, a conduta do instrutor será evitar todos  os exercícios em que o punho sustente o peso do corpo quando a dor está na fase aguda. 


    E acima de tudo, o feedback do praticante precisa ser levado em conta. Em caso de dor ou desconforto, mesmo adaptando os exercícios para não sobrecarregar a articulação do punho, o melhor caminho é mudar a estratégia. É importante também seguir as orientações quanto à postura correta ao computador e em outras atividades que possam provocar lesões, indicar pausas periódicas e alongamentos para prevenir a sobrecarga das estruturas. Além disso, o Pilates ajuda a melhorar a consciência corporal, fazendo com que haja maior atenção à organização do corpo e redução da chance de novas lesões.


    Uma dor de cotovelo (de qualquer gênero) não é motivo para se afastar do Pilates, ok?


    FONTE: REVISTA PILATES


    #VemproPilates #TRANSFORMARE #Pilates #Saúde #BemEstar 


     

    Fonte:


    16/03/2015

    Aula da Semana - FLYMOON

    Balance, vire, desvire, tire os pés do chão, sinta-se na lua, flutue, brinque! 

     

    O acessório da semana é a Flymoon! Com a flymoon você trabalha força, equilíbrio e propriocepção.

     


    Um arco, uma concha, uma curva, uma meia lua, uma Flymoon. Uma única peça: milhões de possibilidades. Leve, linda e solta, a Flymoon vai te conquistar.


     


    Vem pro PILATES, vem para Transformare! 


    (16)3336-2717


     


    Fonte:


    27/03/2015

    PILATES X ESTRESSE

     


    PILATES X ESTRESSE


     

    A vida constantemente nos apresenta mudanças e desafios que promovem o nosso crescimento pessoal, profissional e espiritual. Cada indivíduo responde e se adapta de maneira particular a essas situações, porém, quando perde a capacidade de criar, se adaptar, responder e agir começa a experimentar o estresse.


    O estresse é o estado de alerta em que o organismo entra ao se deparar com algo que requeira mais esforço ou concentração.


    O estresse constante provoca um aumento acima do normal da produção do cortisol. Este hormônio é chamado hormônio do ESTRESSE. Ele deve ser produzido de forma dosada, para que estabeleça um funcionamento adequado do nosso organismo. Quando estes níveis estão desregulados, pode levar a depressão.


    O mecanismo funciona assim: no início do estresse, a adrenal aumenta a produção de cortisol, mas com a permanência do estímulo a própria glândula se dessensibiliza e a produção de cortisol desequilibra. O corpo percebe isso como se não pudesse mais descansar. Para ele, é como se não houvesse mais diferença entre dia e noite e o estado de alerta fosse constante. Com a persistência do quadro, surgem os problemas mais graves: insônia, depressão, obesidade, fibromialgia, fadiga crônica, aumento do risco de enfartes, AVC, trombose e uma considerável baixa de imunidade.


    Para diminuir o nível de estresse e melhorar a saúde física e emocional é necessária uma mudança.


    Para quem busca qualidade de vida sabe que uma das primeiras coisas que se tem a fazer é afastar o sedentarismo da rotina. É aí que muitas pessoas começam a se sentirem obrigadas por não gostarem de academias, ou por não terem muito tempo para se exercitar.


    A boa notícia é que é possível cuidar do corpo (e mente) reservando apenas uma hora do dia, de duas a três vezes por semana. Essa é a frequência exigida, por exemplo, para a prática do Pilates, atividade que promove o trabalho das capacidades físicas como: equilíbrio, força, resistência e coordenação, além de melhorar a postura e relaxar o corpo de forma global.


    As aulas de Pilates são realizadas de maneira consciente e completa. Sabe-se que a respiração lenta e profunda reduz significativamente os níveis de cortisol no sangue ao longo do tempo. Como vimos, o nível de cortisol elevado é responsável pelos estados negativos, como a depressão, por exemplo.  Já níveis baixos de cortisol estão relacionados à sensação de bem estar.


    Por esse motivo, terminamos uma aula de Pilates sentindo o corpo trabalhado, energizado e com uma grande sensação de bem-estar.


    Outro componente para a redução do estresse é a concentração, que garante a execução dos movimentos conscientes e corretos. Ao concentrar-se em sim mesmo, no próprio corpo, elimina-se a tendência de distração durante as aulas. Aprender a mover-se sem tensão, usando apenas os músculos necessários para a realização de um determinado movimento. O relaxamento consciente e seletivo proporciona maior economia de movimentos, facilita a fluidez, o controle e a precisão de movimentos.


    A melhor notícia é que exercitar-se desta forma traz benefícios à saúde do corpo e da mente, não apenas durante a aula de Pilates, mas em longo prazo também. Esse auto aprendizado é levado para todas as situações cotidianas, nos ajudando a reconhecer os estados físicos e mentais e, consequentemente, nos dando condições físicas e emocionais de agir de forma mais saudável em todas as áreas da nossa vida.


    Aquietar a mente, desenvolver equilibradamente o corpo, reconhecendo o próprio limite, nos aproxima de nós mesmos. Era isso que Joseph Pilates almejava com seu método: a saúde integral.


    Qualquer pessoa pode fazer Pilates. O método respeita o condicionamento físico de cada aluno, podendo se adaptar a iniciantes, intermediários e avançados.


    Experimente você também! (16) 3336-2717


    #TRANSFORMARE #SAUDE #BEMESTAR #PILATES

    Fonte:


    22/02/2015

    Pilates e Hernia de Disco

    PILATES E HÉRNIA DE DISCO


    A dor na coluna é um dos problemas mais comuns da sociedade moderna e é objeto de atenção entre especialistas. De acordo com dados do Ministério da Saúde, 80% da população já sofre ou sofrerá de dores na coluna.  Aproximadamente 5,5 milhões de brasileiros possuem hérnia de disco.


    A hérnia de disco é uma doença degenerativa da coluna vertebral, que tem afetado mundialmente diversas pessoas, por isso, muitas têm recorrido ao método Pilates como forma de prevenção e tratamento da doença.


    A hérnia de disco consiste do deslocamento do núcleo pulposo, que serve para diminuir o impacto entre uma vértebra e outra, dependendo do volume de material herniado (deslocado), poderá haver compressão e irritação das raízes nervosas, com possível extensão dos sintomas para os braços ou pernas. Normalmente, as herniações do núcleo pulposo estendem-se póstero lateralmente, local em que o anel fibroso é relativamente menos espesso e não recebe sustentação do ligamento longitudinal posterior ou anterior.


    Bastante eficaz no tratamento, tanto a longo como em curto prazo, o Pilates atua em todas as fases da hérnia de disco, proporcionando, em cada uma delas, a melhora dos sintomas do paciente, evitando a reincidência da doença. Durante as aulas são realizados exercícios que seguem os princípios básicos do método, como a contração dos músculos abdominais associado à respiração, que proporcionam a estabilização da coluna lombar, relaxamento e maior conscientização corporal, consequentemente, diminuição da dor e melhora da postura.


    Para aquelas pessoas que ainda não sentem dor na coluna ou que já se percebem com tensões corporais, o Pilates irá relaxar o corpo, promover consciência das áreas tensas e prevenir lesões na coluna, como pinçamentos, protusões e compressões do núcleo pulposo.


    Inicialmente o aluno passa por uma avaliação postural e por uma anamnese, onde serão detectados os desvios posturais, desequilíbrios musculares e as dores. A partir daí é que será montado um programa de treinamento específico para este aluno, com objetivos pré-determinados, sempre respeitando as restrições ou limitações de cada um.


    Qualquer dor na coluna é preocupante. Por isso, procure um médico o mais rápido possível para obter o diagnóstico.


    Tratamento com o Pilates


    - Fase inicial aguda da doença


    •             Alívio das dores na coluna e irradiações para braços e pernas;


    •             Diminuição do formigamento ou dormências nos pés, nas mãos, nos braços e pernas;


    •             Recuperar mobilidade de coluna para que o movimento seja realizado com a maior eficiência possível;


    •             Melhora da postura no dia-a-dia;


    •             Alongamento da coluna com melhora dos desvios posturais e aumento do espaço intervertebral;


    •             Aumento da consciência do corpo, refinamento do controle e equilíbrio dos diferentes músculos envolvidos num movimento, sem gasto desnecessário de energia, a partir de contrações inadequadas, sejam elas exageradas ou deficientes.


    Na fase inicial da doença, ele é geralmente associado a outras técnicas fisioterapêuticas, como por exemplo, a osteopatia e a reeducação postural global (RPG). Os exercícios feitos deitados de barriga para cima para quem apresenta lesões na coluna lombar devem ser realizados retificando a lombar (diminuindo a hiperlordose). Ou seja, ao estar deitada,  a região da coluna perto do quadril deve estar encostada na maca.


    Prevenção de novas lesões e fase tardia da hérnia de disco


    •             Fortalecimento muscular abdominal (reto do abdome e transversos abdominais), e da coluna vertebral (eretores da espinha e transversos espinhais). O fortalecimento desta musculatura proporciona a estabilização do tronco e um alinhamento biomecânico com menor gasto energético;


    •             Fortalecimento muscular global;


    •             Aumento da flexibilidade de tronco com um padrão suave e harmônico de movimento;


    •             Manutenção do quadro sem dor.


    Progressivamente iremos inserir exercícios de rotações de tronco e aumento do esforço da musculatura.


    Além do benefício gerado para a coluna e para a saúde, o corpo todo será beneficiado com aumento da flexibilidade global, condicionamento físico, fortalecimento global, alívio de outras dores ou tensões, melhora do equilíbrio, mais energia, apoio na perda de peso, redução de celulite, redução de ansiedade e estresse, fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico e estabilidade nas articulações.


    O Pilates não possui nenhuma contra indicação e pode ser feito por qualquer pessoa, desde crianças até idosos. Além disso, o profissional de Pilates lhe ensinará posturas que devem ser adotadas no cotidiano, como a posição correta para dormir, trabalhar e pegar peso.


    Texto de Danielle Costa (Fisioterapeuta CRF-3 /118607)


    FONTE: Revista Pilates

    Fonte:


    22/02/2015

    Video: Mulheres e a busca pelo corpo perfeito

    Há pelo menos 3000 anos as mulheres estão em busca do corpo perfeito, porém o contexto histórico e cultural influenciou as várias alterações em relação às morfologias ideais: cintura fina, ombros largos, seis grandes... E assim os corpos vêm sendo submetidos a cada nova tendência. O vídeo abaixo ilustra as diferentes referências de beleza de acordo com a época e diferentes locais no mundo. No antigo Egito, por exemplo, valorizavam-se os ombros altos e estreitos e o rosto assimétrico, já na Renascença Italiana destacavam-se aquelas de corpo mais robusto e pele clara enquanto que na China, durante a dinastia Han, o culto ao corpo baseava-se na pele clara, cintura fina, olhos grandes e pés pequenos. Estas mudanças de parâmetros nos fazem pensar sobre o que realmente éimportante, o que te faz bem. Por isso, deixe pra lá os parâmetros de beleza da sociedade e se ame, se cuide, cuide da sua saúde e principalmente da sua alimentação, porque isso sim nunca sai de moda! E é pensando na sua saúde que agora a Transformare conta com uma nutricionista! Venha conhecer mais esse serviço, agende um horário com a nossa nutricionista e reavalie seus hábitos alimentares e conquiste melhores resultados e um estilo de vida  mais saudável. 

     

    www.transformaresaude.com

     

    Mais informações (16) 3336-2717 

     

     


    Assista o video no link:


    https://www.youtube.com/watch?v=Xrp0zJZu0a4



    Fonte:


    13/02/2015

    Nossa dica para o CARNAVAL

    O Carnaval chegou! E durante o recesso dos dias de carnaval nossa dica é incluir caminhadas na rotina! E mesmo que você esteja pensando "Não no Carnaval eu vou descansar! " leia esse post e veja como vale a pena tirar 30 minutinhos do seu dia para cuidar do seu corpo e do seu bem-estar. 



    Caminhar é sim um exercício capaz de provocar grandes mudanças no seu corpo. Estudos não param de comprovar que essa atividade aeróbica é uma das mais eficientes para ganhar saúde e disposição. 


    Um desses estudos, feito recentemente pelos pesquisadores da Universidade de San Diego, garante que cem passos por minuto, durante 30 minutos, são suficientes para fortalecer o sistema cardiovascular (coração e pulmão) e espantar o mau colesterol.


    Outro estudo, da Louisiana State University, também nos Estados Unidos, revela que o exercício é tiro e queda para acabar com a chamada gordura visceral — aquela que fica depositada na barriga, próxima a órgãos vitais como fígado, intestino, rins e pâncreas, causando hipertensão arterial. Nesse estudo, os pesquisadores afirmam que duas horas e meia de caminhada na semana combinadas com uma alimentação equilibrada pode trazer resultados significativos em  até 4 semanas.


    Então que tal aproveitar os dias "folga" durante o carnaval para incluir  a caminhada na sua vida e conquistar um corpo mais saudável? 


     


    Nós da TRANSFORMARE desejamos um ótimo feriadão de Carnaval à todos! Aproveitem com moderação! 


     


    www.transformaresaude.com


     


    www.facebook.com/transformaresaude


    Fonte:


    06/02/2015

    Você sabia que ... Confira algumas curiosidades do pilates!

    Você sabia que ... Confira algumas     curiosidades do pilates!  











     
     

    Você sabia que o pilates alivia a TPM?


    Alongar a região pélvica é supereficiente para amenizar cólicas. Assim como acontece em outras atividades físicas, durante a aula acontece a liberação de endorfina, hormônio que gera sensação de prazer, diminui o desejo por doces e melhora o humor! 


    Você sabia que o Pilates espanta a ansiedade


    Respirar bem e se manter concentrada é o primeiro passo para executar qualquer exercício do método. Essas atitudes ativam o sistema nervoso parassimpático, responsável por nos acalmar e manter o organismo equilibrado.


    Você sabia que o pilates tem mais de mil exercícios?


     


    O método, que pode ser praticado em aparelhos ou no solo, tem uma infinidade de acessórios, e exercícios o que contribui para deixar a atividade sempre dinâmica.

     

     

     



    Venha praticar PILATES aqui na TRANSFORMARE. Temos uma equipe de fisioterapeutas super atualizadas esperando por você! Venha conhecer nosso espaço! Maiores informações (16) 3336-2717


    www.facebook.com/transformaresaude


    www.transformesaude.com


     


    Fonte:


    02/02/2015

    XÔ MAU HUMOR!!! 4 dicas de exercícios que estimulam o bom humor para começar a segunda-feira com o pé direito!

     



     









    XÔ MAU HUMOR!!!


    4 dicas de exercícios que estimulam o bom humor para começar a segunda-feira com o pé direito! 


     



    Que a atividade física é capaz de mudar qualquer ânimo, isso ninguém duvida. Mas algumas modalidades são consideradas mais “alegres” porque a fazem produzir endorfinas desde o primeiro minuto. Comece a praticar já e garanta seu bom humor!


    Dica número 1: Nada melhor que iniciar o dia com um alongamento! Os movimentos de alongamento e de flexibilidade ativam a circulação e oxigenam corpo e mente. Isso proporciona calma e autocontrole para enfrentar o dia longo.


    Dica número 2: Toda hora é hora! Quando começar a se sentir cansada ou estressada, alongue-se. Parece simples. E é mesmo. Cinco minutos são suficientes para mudar seu humor.


    Dica número 3: Pratique atividades aeróbicas! 


    Na academia ou ao ar livre, na esteira, bicicleta ou transport. Até mesmo um aulão tipo circuito vale, e muito! E sabe porque? A razão para tanto sucesso é simples: é motivante, fácil de fazer (vale para iniciantes e até mesmo para quem é quase atleta!), queima calorias e produz endorfina desde o início.


    Dica número 4:  Momento zen no fim do dia! 




    Para finalizar o dia no mesmo clima de paz, escolha atividades que trabalham a concentração e a respiração. O PILATES é uma modalidade perfeita, seja para começar ou terminar o dia. Esse tipo de atividade, de baixa intensidade, ajuda a equilibrar as suas emoções e traz a tranquilidade que você tanto precisa. Procure um ambiente climatizado e com som ambiente propicio para esse momento! 


     


    E sabe onde você encontrar, e praticar, todas essas dicas??? Aqui na TRANSFORMARE. Venha conhecer nosso espaço! Maiores informações (16) 3336-2717


    www.facebook.com/transformaresaude


    www.transformesaude.com


    Fonte:


    23/01/2015

    Bike X Esteira X Transport : qual o melhor aliado para enxugar os quilinhos extras?

    Bike X Esteira X Transport : qual o melhor aliado para enxugar os quilinhos extras? 


     

    Para eliminar aqueles quilinhos em excesso e ajudar a desenhar o corpo, nada melhor do que investir em uma atividade aeróbica. Na academia, o cardápio de equipamentos é variado: esteira, bike e transport. Conheça a seguir um pouco mais dessas supermáquinas e invista em  treinos aeróbicos três vezes por semana , e perca os quilinhos extras. 

     


    Bike


    Se a ideia é só emagrecer, talvez a bike não deva ser o aparelho número um de sua lista. Trabalhos científicos mostram que o gasto calórico na máquina chega a ser 40% menor em relação aos exercícios praticados na esteira durante o mesmo período e com a mesma intensidade. No entanto, ela pode ser a melhor amiga de iniciantes e obesas. Por causar baixo impacto, em geral não apresenta contraindicação. Mas, se você tem problema de coluna, prefira a bike horizontal, com apoio nas costas. Para quem sonha com pernas torneadas, a bike é pedida certa, já que trabalha especialmente os membros inferiores. Para garantir uma postura correta e conseguir melhor resultado, a dica é regular o assento na altura dos quadris – basta ficar de pé ao lado da bike e fazer o ajuste. E atenção: enquanto estiver pedalando, não apoie o peso do corpo no guidão, pois diminui a intensidade do exercício e, consequentemente, faz você perder menos calorias. 


     


    Esteira


    É o aparelho campeão de audiência nas academias. Você pode variar a velocidade e a inclinação, permitindo a realização de um treino intervalado, o que potencializa a queima calórica e a melhora do condicionamento físico-química . Além de trabalhar os membros inferiores, a corrida na esteira movimenta bastante o core (conjunto de músculos que sustenta e protege o centro do corpo). Mas por ser uma atividade que causa alto impacto nas articulações, deve ser evitada por quem tem dores ou já sofreu alguma lesão na coluna, nos joelhos ou nos tornozelos ou ainda que esteja muito acima do peso.


     


    Transport 


    O transport (ou elíptico) é ótimo porque trabalha todos os grupos musculares e gera baixo impacto nas articulações, já que não há a necessidade de tirar o pé da plataforma. Ao inclinar o tronco para a frente, ele exige mais do quadríceps, do peitoral e do tríceps. Quando a inclinação é para trás, são recrutados os posteriores de coxa, os bíceps e as costas. Aqui, a postura correta também é fundamental – por isso mantenha sempre o abdômen contraído. Iniciantes devem se familiarizar bem com


    o movimento, os pedais e as manoplas: tudo tem de estar no mesmo ritmo. E atenção: tensionar a musculatura do ombro ao movimentar os braços pode causar dores na região cervical. Para turbinar o exercício: experimente fazer o movimento em marcha à ré. Também vale aumentar a intensidade no exercício tradicional. 


     


    E então preparados para das adeus aos quilinhos extras??? Na TRANSFORMARE você encontra todos esses aparelhos e uma equipe de profissionais qualificados esperando por você.  Venha conhecer nossos serviços e nosso espaço climatizado. 


    Mais informações pelo (16) 3336-2717


     


    www.transformaresaude.com


     


    Curta nossa Fanpage:


    www.facebook.com/transformaresaude

    Fonte: REVISTA BOA FORMA


    21/12/2014

    #11 DICAS PARA NÃO ENGORDAR NAS FESTAA DE FIM ANO #

    # 11 DICAS PARA NÃO ENGORDAR NAS FESTAA DE FIM ANO # 


    Esta é uma época do ano em que as pessoas se reúnem sempre em volta da mesa para comemorar, rever familiares e comer pratos saborosos. Porém, é preciso ter alguns cuidados para que você não exagere e não comece o ano novo com alguns quilos a mais. Pensando nisso, e na preocupação de quase todos os nossos clientes, resolvemos postar esse reportagem com dicas da nutricionista Andreia Ceschin de Avelar. Veja abaixo algumas dicas para não perder a linha nas festas de fim de ano.



    1. Não saia de casa de estômago vazio. Tome um iogurte ou coma frutas antes de ir para a festa. Assim você não chega com muita fome e consegue escolher melhor os seus pratos;

    2.Evite os petiscos, como castanhas, amendoim, salgadinhos, azeitonas, queijos, pois são bem calóricos;

    3.Escolha os pratos que mais gosta e coma moderadamente. Dê preferência às aves, carnes de peru e chester, pois são mais magras. Lembre-se de retirar a pele;

    4.Controle a quantidade dos acompanhamentos, como arroz, risoto, farofa, cuscuz paulista e tortas salgadas. Como todos são carboidratos, o ideal é servir-se de uma pequena porção;

    5.Abuse das saladas de folhas, como rúcula, alface, agrião, escarola. Acrescente tomate cereja, cebola, palmito e pepino. Se gostar, acrescente também frutas às saladas - a manga e o abacaxi combinam bem

    6.Evite a tradicional salada de maionese e o salpicão de frango. Se não resistir, coma pouco;

    7.Não exagere nas bebidas alcoólicas. As bebidas destiladas - whisky, vodka, pinga, caipirinha, saquê - são mais calóricas.Alterne a bebida com água. Assim você não exagera na quantidade e aproveita para se hidratar;

    8.Aproveite as frutas de época - cereja, ameixa, pêssego, nectarina, abacaxi e melão. Elas são pouco calóricas;

    9.Não exagere nas frutas secas. Nozes, amêndoas e castanhas devem ser consumidas com moderação;

    10.Se gostar de panettone, procure comê-lo apenas na véspera ou no dia. Todos são bem calóricos, principalmente os recheados com chocolate e trufas;

    11.Durante a semana entre Natal e Ano Novo, evite ficar comendo o que sobrou da ceia. Ingerir as sobremesas e os pratos calóricos durante toda a semana fará você engordar.

     

    Curta suas festas de Natal e Ano Novo, mas com moderação. Assim você inicia 2015 feliz, com saúde e sem peso na consciência. 

     


     

     



    Fonte:


    15/12/2014

    A atividade física bem orientada pode prevenir e melhorar dores

     A atividade física bem orientada pode prevenir e melhorar dores.

    A dor não deve ser obstáculo para pratica de exercícios, ao contrario do que muitos acreditam o exercício é uma das maneiras de melhorar o incômodo. 

     Muita gente considera a dor um grande obstáculo para várias atividades do dia a dia, como a atividade física, por exemplo. O problema é que deixar os músculos, ossos e articulações parados por muito tempo pode fazer a dor piorar. Por isso, a atividade física bem orientada é uma grande aliada nesse problema.


    O exercício feito da maneira correta e com o acompanhamento adequado pode fortalecer, proteger e sustentar as articulações. Dessa maneira, o paciente pode evitar dores e até melhorar as que ele eventualmente já tenha.


    Isso acontece porque, quando a pessoa faz exercício, o corpo libera mais endorfina, que são substâncias "analgésicas", diminuindo a sensação de dor e gerando bem estar. 


    É importante, no entanto, fazer um diagnóstico correto, saber se a dor é aguda ou crônica é o primeiro passo para entender as limitações da pessoa e fazer com que ela evolua na atividade física. No caso da dor crônica, o exercício como tratamento é ainda mais importante já que ela pode atrapalhar muito a qualidade de vida.


    Para isso procure um fisioterapeuta, profissional qualificado para avaliar e tratar suas dores. 


    Nossa equipe conta com profissionais da fisioterapia, atualizadas e sempre buscando excelência nos seus tratamentos. 


    #vemparaTRANSFORMARE #TRANSFORMARE #saúde #bemestar #pilates #fisioterapia


    www.transformaresaude.com


     

    Fonte:


    11/01/2015

    Exercícios X Genética: tem relação?

    EXERCÍCIO X GENÉTICA: tem relação?


     

    Estudos apontam que é possível saber, por meio de testes de laboratório, se você tem predisposição e habilidade para realizar certas atividades. 


    Se uma praticante de corrida, por exemplo, verificar que sua aptidão é favorável à força, não quer dizer que terá que parar de correr. Mas, com a orientação correta, poderá dar mais atenção a um treino personalizado de força, melhorando a performance e diminuindo o risco de lesões. 


     


    Alguns exames, feitos por exemplo com uma simples coleta de saliva, são capazes de analisar 11 variações de genes, distribuídos em dois perfis: de composição corporal, associado à alimentação, e de aptidão física, associado ao desempenho esportivo. Mas é importante esclarecer que esses testes  genéticos são apenas preditivos, e não servem como diagnóstico, ou seja, não deve ser encarado como uma sentença final para a pratica ou não de uma modalidade esportiva! 


     


    Independente desses novos testes, o que já está mais do que claro é que toda atividade física traz inúmeros benefícios  para a saúde do corpo e da mente! Que tal começar 2015 cuidando da saúde? Venha para transformare e conheça nossos serviços e nosso espaço climatizado, tudo pensado no seu conforto! 


     


    Maiores informações: (16) 3336-2717


     


    www.transformaresaúde.com


     


    Curta nossa FanPage www.facebook.com/transformaresaude

    Fonte: Revista Boa Forma


    15/01/2015

    Ranking de Calorias das Bebidas Alcoólicas

     


    RANKING DE CALORIAS DAS BEBIDAS ALCOÓLICAS


     


    Fim de semana e junto com ele ....encontros com os amigos, festas ... E os drinks! Acreditem as bebidas alcoólicas, TODAS ELAS, engordam!!!! Pensando nisso a nutricionista Vanessa Leite montou um ranking com as calórias desses drinks para a Revista Boa Forma. 


     


    "O primeiro passo para curtir os brindes que virão é reduzir a porção de carboidrato (pão, biscoito, cereais matinais) do café da manhã, além de fazer escolhas mais leves no almoço. "Diminuir um pouco o valor calórico dessas refeições é uma maneira de compensar o extra que será consumido à noite", orienta Vanessa Leite, nutricionista de Porto Alegre. 


    Passo número 2: quando faltarem 30 minutos para a comemoração, faça um lanchinho. Pode ser uma fruta acompanhada de duas castanhas, um iogurte polvilhado com sementes (chia, linhaça), uma torrada light com queijo magro (cottage, ricota, requeijão light) ou um scoop de whey protein batido com água.


    Vamos às calorias?


    Batida de frutas com leite condensado: 504 cal em 1 copo/200 ml


    Cachaça: 115 cal em 1 dose/50 ml


    Caipirinha de limão com cachaça e açúcar: 263 cal em 1 copo/200 ml


    Caipirinha de limão com cachaça e adoçante: 182 cal em 1 copo/200 ml


    Caipirinha de limão com vodca e açúcar: 310 cal em 1 copo/200 ml


    Caipirinha de morango com saquê e açúcar: 282 cal em 1 copo/200 ml


    Caipirinha de morango com saquê e adoçante: 182 cal em 1 copo/200 ml


    Cerveja: 151 cal em 1 lata/350 ml


    Cerveja sem álcool: 82 cal em 1 long neck/355 ml


    Chope: 180 cal em 1 tulipa/300 ml


    Cuba libre: 170 cal em 1 copo/250 ml


    Espumante: 110 cal em 1 taça/125 ml


    Gim: 60 cal em 1 dose/30 ml


    Margarita: 131 cal em 1 copo/150 ml


    Mojito: 250 cal em 1 copo/200 ml


    Prosecco: 106 cal em 1 taça/125 ml


    Rum: 110 cal em 1 dose/50 ml


    Spritz: 261 cal em 1 copo/300 ml


    Saquê: 50 cal em 1 dose/35 ml


    Smirnoff Ice: 240 cal em 1 long neck/275 ml


    Tequila: 110 cal em 1 dose/50 ml


    Uísque: 120 cal em 1 dose/50 ml


    Vinho tinto: 107 cal em 1 taça/125 ml


    Vodca: 120 cal em 1 dose/50 ml


     


    Calorias fornecidas pela nutricionista Vanessa Leite"


     


    Aproveitem o fim de semana com moderação! 


     


     


    Curta nossa FanPage www.facebook.com/transformaresaude


     

    Fonte: Revista Boa Forma


    29/12/2014

    25 BENEFÍCIOS DO PILATES QUE PODEM MUDAR ( e melhorar ) SUA VIDA!

    Os exercícios de PILATES, ao enfatizar a respiração profunda e adequada, o alinhamento da coluna e a concentração para um movimento suave, proporcionam sintonia com seu corpo o que chamamos de consciência corporal, e faz com que o exercício beneficie o seu corpo por inteiro. A lista de benefícios e vantagens para aderir a prática do PILATES aumenta dia após dia, confira abaixo uma lista 25 motivos para você, caso ainda não conheça, entre para a turma dos pilateiros.


    BENEFÍCIOS DO PILATES:


    1. É uma ótima maneira de conquistar uma barriga lisinha, especialmente após a gravidez;


    2. O Pilates melhora a postura. Pilates coloca muita ênfase no alinhamento adequado durante o exercício. Isso o torna mais consciente do seu corpo e da posição correta do seu corpo em todos os momentos.


    3. O Pilates lhe dá um corpo esguio e elegante como o de dançarino profissional.


    4. O Pilates ajuda pessoas que têm dor nas costas. Além de poder ser um grande aliado dos Fisioterapeutas no tratamento das pessoas com lesões nas costas ou quaisquer condições graves, como hérnia de disco ou graves desvios posturais, o Pilates também pode contribuir muito para o alívio das dores nas costas devido a um estilo de vida sedentário, rigidez muscular e tônus ??muscular;


    5. O Pilates sozinho pode não fazer você perder peso em um período de tempo muito curto, mas se você combinar o Pilates com exercícios aeróbicos e com uma dieta bem equilibrada, então você pode esperar alguns resultados realmente surpreendentes;


    6 . O Pilates ajuda a lidar com o desconforto e as dores durante o ciclo menstrual. Pratique alguns dias antes do início do ciclo e até mesmo durante a menstruação (escolhendo os exercícios mais fáceis), e você vai sentir a diferença;


    7. O Pilates vai torna-lo mais flexível. Diversos exercícios de Pilates aumentam a flexibilidade da parte posterior do seu corpo, a área que causa a maioria dos problemas para todos nós, bem como a sua flexibilidade em geral. Sendo mais flexíveis teremos menos lesões, menos dores relacionadas com os músculos tensos e um melhor desempenho em qualquer tipo de atividade física;


    8. Pilates energiza você, mesmo após o dia mais cansativo;


    9. Faz você se sentir leve e relaxado;


    10. O Pilates ajuda a esculpir seu corpo;


    11. O Pilates é um aliado no combate a osteoporose;


    12. Purifica a sua mente enquanto ele exercita o seu corpo. O Pilates é uma técnica de interação mente e corpo que promove a saúde do seu corpo, bem como a saúde da mente e do equilíbrio interior;


    13. O Pilates melhora sua vida sexual porque lhe dá o corpo que você gosta, exercita os músculos pélvicos, assim como, ajuda a entender e sentir mais e melhor o seu corpo;


    14. O Pilates ajuda a prevenir lesões nas suas articulações;


    15. O Pilates ajuda você a encontrar o seu equilíbrio interior e se livrar da ansiedade. Um estudo recente descobriu que a simples prática de exercícios para o equilíbrio (como Pilates) pode resolver problemas de ansiedade;


    16. O Pilates melhora a coordenação neuromuscular;


    17. O Pilates pode ajudar a melhorar a memória. Exercícios que incluem exercícios de coordenação, assim como sequencias de alguns exercícios ajudam a melhorar a memória;


    18. Exercícios de solo podem ser praticados em qualquer lugar e não dependem de acessórios, são inúmeros exercícios, e as aulas são sempre diferentes;


    19. O Pilates melhora a estabilidade e equilíbrio em idosos. Este é um fato muito importante, pois pode melhorar significativamente a qualidade de vida das pessoas idosas;


    20. O Pilates fortalece o seu Core (músculos responsáveis pela sustentação do seu corpo). Os exercícios de Pilates focam a ativação do Core, ou centro de força, como ponto de partida para todos os movimentos, o que garante abdominais e costas fortes;


    21. O Pilates promove a consciência do corpo, o que muda a maneira de sentar, andar e olhar;


    22. O Pilates ensina controle do corpo. Os exercícios de Pilates não isolam cada um dos seus grupos musculares para serem executados, em vez disso exercita o seu corpo como um todo, oque não cria desequilíbrios musculares que são comuns a outros tipos de exercícios;


    23. O Pilates melhora a circulação sanguínea em seu corpo, o que torna a pele mais radiante e seu corpo saudável;


    24. O Pilates tem se mostrado eficaz no alívio dos sintomas da fibromialgia, artrite e artrose, bem como na recuperação depois do câncer (particularmente o câncer de mama) e outros procedimentos cirúrgicos (principalmente joelho, quadril e cirurgias no pé);


    25. O Pilates melhora a qualidade do sono e o humor;


    Esta lista está longe de ser completa, além destes benefícios, o Pilates pode lhe trazer diversos outros. A melhor maneira de descobrir o que o Pilates pode fazer por você é começar a praticá-lo! A TRANSFORMARE tem um equipe muito competente, que sempre está se atualizando para trazer para Araraquara o que há de mais novo no verdadeiro pilates. Aulas novas semanalmente, planejadas com muito estudo e carinho para nossos alunos.


    Venha conhecer nosso espaço climatizado.


    Mais informações (16) 33362717


    www.transformaresaúde.com

    Fonte: www.transformaresaúde.com


    29/12/2014

    EXERCÍCIOS DIMINUEM MORTES POR CÂNCER DE PRÓSTATA


    Este mês é marcado pelo "novembro azul", criado para conscientização a respeito do diagnóstico precoce desse tipo de câncer. Pesquisa norte-americana evidencia importância dos exercícios físicos em pacientes já diagnosticados.


    A prática esportiva ajuda a reduzir a taxa de mortalidade entre pacientes com câncer de próstata. Pesquisadores da Universidade de Harvard, nos EUA, avaliaram os níveis de exercícios físicos de 2.686 pacientes, antes e depois do diagnóstico de tumor. Aqueles que andaram por mais de quatro horas por semana, reduziram o risco de morte em 23%, em relação aos que dedicaram até 20 minutos semanais à atividade.


    E o benefício aumenta quando os exercícios são mais vigorosos. Homens que correram, andaram de bicicleta ou jogaram tênis, por três ou mais horas na semana, apresentaram risco 35% menor de mortalidade do que os demais.


    Apesar de ainda não conhecermos os efeitos moleculares exatos que a atividade física tem sobre a doença, já sabemos que esses efeitos influenciam um número de hormônios que podem estar envolvidos com o câncer”, disse Stacey Kenfield, da Escola de Saúde Pública de Harvard.





     



    Fonte: REVISTA SAÚDE


    00/00/0000

    MESNTRUAÇÃO X ATIVIDADE FÍSICA


    Menstruação X Atividade Física

     

    A atividade física durante a menstruação ameniza as cólicas menstruais. Então garotas, nada de faltar na academia! 

     

    Uma vez por mês as mulheres recebem aquela visita chata: a menstruação, que muitas vezes vem acompanhada de dores nas pernas, costas e abdômen, cólicas e até vômitos. Com todos esses sintomas, ir para a academia ou correr alguns quilômetros parece uma difícil missão, mas manter alguma atividade física no período menstrual pode trazer benefícios.

    No período de menstruação, a motivação para malhar vai embora. Se você fica sempre na dúvida,  saiba que a menstruação não é um motivo para cabular a aula. Muito pelo contrário. Durante este período os exercícios ajudam a ter  uma maior irrigação sanguínea na região do abdômen, aliviando as temidas cólicas. E existem outros bons motivos para você não interromper seu treino nesta fase. 

    *Malhar durante a menstruação?

    Sim! Não só pode, como deve. Mas SEMPRE respeitando o seu nível de condicionamento! Não fique parada, a continuidade faz parte dos princípios do treinamento e torna-se impossível evoluir caso o treino seja interrompido por uma semana no mês. Sem contar que os exercícios aliviam as cólicas porque ativa o sistema circulatório.

    *Aeróbico ou musculação?

    Tanto faz! O ideal é não mudar a rotina de treinos e fazer o que você já está acostumada. Se o fluxo menstrual for muito intenso pode haver um desconforto para executar alguns treinos. Neste caso, você pode reduzir a carga e evitar exercícios que precisem de muito esforço nos membros inferiores. Como se trata de um período complicado, a saída é fazer o que proporciona maior prazer e espante a preguiça a todo custo.

    *Há contraindicações?

    Depende. Cada pessoa tem um fluxo menstrual diferente. Mas, geralmente não há limitações a não ser que a mulher tenha um fluxo muito intenso. Só que mesmo assim ela pode malhar, só deve evitar alguns exercícios como os agachamentos e afundos.

    *Qual a melhor forma de aliviar os sintomas?

    Não existe regra. Porém, malhar ao acordar pode dar mais resultados, pois libera uma dose de adrenalina que promove sensação de bem-estar, além de, como já foi dito, evita a presença das cólicas. O resultado pode ser um dia bem mais tranquilo do que normalmente é neste período.

     

    Além disto, as endorfinas produzidas durante a atividade física melhoram o humor e podem amenizar os sintomas da TPM. E então, vamos deixar a preguiça de lado e buscar na atividade física o bem estar que tanto precisamos nesses dias especiais???

     

    Fonte:


    05/11/2014

    PILATES E A LABIRINTITE

     






    A denominação correta para as patologias que afetam o sistema vestibular é labirintopatias ou vestibulopatias, e estas podem ser do sistema periférico ou central. A doença vestibular periférica é causada por disfunções no sistema nervoso periférico.


    O equilíbrio corporal depende de informações geradas pelos sistemas vestibular, proprioceptivo e visual. Essas informações são integradas nos núcleos vestibulares e no cerebelo, permitindo a manutenção da postura ereta e a estabilização do campo visual. Alterações em qualquer um desses sistemas podem provocar a sensação de tontura, náusea e instabilidade postural.


    Durante a fase da crise de uma vestibulopatia, deve-se procurar um médico e, a reabilitação vestibular, deve ser feita por Fisioterapeutas especializados na área. Após a estabilização do quadro, o Pilates é muito indicado por trabalhar importantes componentes do sistema vestibular, como por exemplo, a estabilização e mobilidade da cervical.


    É importante que pessoas que sofrem ou sofreram destes distúrbios tenham um ponto fixo ao realizar o exercício, principalmente quando o corpo está em movimento. Em uma fase mais avançada, em que o quadro esteja totalmente equilibrado, movimentos dos membros superiores podem ser acompanhados com o olhar. Desta forma, estamos treinando alguns dos reflexos vestibulares e cervicais.


    Trabalhar a propriocepção não é apenas colocar o aluno sobre o aero mat, bosu ou bola. A propriocepção neste caso inicia-se com os movimentos oculares, em seguida com a posição da cabeça, movimentos cervicais e, assim por diante, até que compreenda todo o corpo e o aluno seja capaz de utilizar uma superfície instável, se for realmente necessário.


    É importante saber que ao receber um aluno que acabou de sair de uma crise de vestibulopatia, deve-se evitar os equipamentos que põe o corpo em movimento. Exercícios básicos como o Foot work no Reformer devem ser evitados, por causa do vai e vem do carrinho, colocando o sistema vestibular em situação de estresse. Modificações frequentes de posicionamento também devem ser evitadas.


    A prescrição correta do exercício para um aluno que sofre com as labirintopatias é crucial para melhora ou piora do quadro clínico, portanto é necessário estudar cada aluno e reconhecer a hora correta de cada exercício. Pilates sempre! Mas com muita atenção.


    TEXTO de Rebeca Sodré para Revista   Pilates (www.revistapilates.com.br)


     



    Fonte: Revista Pilates


    30/10/2014

    QUALIDADE DO NOSSO E EXERCÍCIOS

    Qualidade do Sono e Exercícios 


    Você já acordou pela manhã com a sensação de que não descansou, sente que seus músculos necessitarem alongamento, e seu corpo cansado? A restrição do sono em razão dos inúmeros compromissos, o excesso de responsabilidades no trabalho, escola ou faculdade, família, o uso de medicamentos, as preocupações e ansiedade acabam por influenciar nossas noites de sono.


    A ausência ou má qualidade do sono ocasiona problemas com as atividades que exigem concentração e repouso, problemas de memória, aumento do nervosismo e irritabilidade, mudanças nas funções do organismo, tensão e estresse.


    A falta de exercícios (sedentarismo), aumenta em função das facilidades (tecnologias) produzidas para o bem estar humano. A falta de tempo é o principal motivo para a não prática de exercícios, assim como o cansaço depois de um dia de trabalho.


    Mas o que muitas pessoas ainda não sabem é que a atividade física é muito importante e traz muitos benefícios para a saúde. Libera hormônios que são benéficos contra depressão, aumentam em 37% ou mais o período de sono das pessoas com insônia crônica, emagrece e proporciona uma sensação de prazer em razão das substâncias liberadas em nosso organismo.


    A prática de exercícios deve ser moderada, mas constante, para que não sejam desgastados os músculos e articulações e para que o sono não seja superficial em virtude do excesso de adrenalina liberada. Por isso, a atividade física não é recomendada próxima ao horário de dormir.


    Quem pratica atividade física, dorme mais rápido, consegue relaxar e descansa, tem um sono mais profundo, menos fragmentado e de qualidade, se sente disposto, se concentra com maior facilidade possuindo melhor rendimento, emagrece e obtém melhora na qualidade do sono e, consequentemente, na qualidade de vida.


    Então o que você que dorme mal está esperando para começar uma atividade física? 


    Aqui na TRANSFORMARE oferecemos opções de exercícios, PILATES e MUSCULAÇÃO TERAPÊUTICA, para você conseguir uma melhor qualidade de sono e de vida! Seu bem-estar é a nossa meta! Venha conhecer nosso espaço (todo climatizado) e nossos serviços! 


    www.transformaresaude.com


    Mais informações (16) 3336-2717

    Fonte:


    20/02/2014

    Coma bem e viva melhor!

    Uma boa saúde e qualidade de vida não dependem só da prática de exercícios. A alimentação equilibrada e com bastantes nutrientes é um dos segredos da longevidade. E quem é que dá todas essas orientações e ajuda a gente a comer bem, e manter o corpo saudável? O nutricionista! A REVISTA PILATES trouxe uma matéria bem legal com a nutri Agnes Schmidt e nós compartilhamos aqui.

    A profissional diz que o maior desafio do nutricionista hoje é mostrar para todo mundo que uma boa dieta é também uma forma de prevenir as doenças. “Mas a alimentação saudável está ganhando cada vez mais a atenção das pessoas, principalmente com o aumento das doenças crônicas e a obesidade. Ela se torna mais que um tratamento, é uma prevenção”, afirma.

    E será que existe algum alimento que precisamos comer todos os dias? A nutricionista diz que sim, alguns alimentos são essenciais para o organismo funcionar bem no dia a dia. As frutas, os legumes e as verduras, por exemplo, são fontes de vitaminas e minerais. A energia do corpo vem dos carboidratos, como os cereais (prefira os integrais) e tubérculos. Não esqueça as proteínas, como carne, ovos, peixes, leites e derivados, que constroem e reparam os tecidos.

    Fonte: REVISTA PILATES


    20/02/2014

    O Que Você Precisa Saber Sobre A Atividade Física

    O sedentarismo é uma das principais causas de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade e outras doenças crônicas não transmissíveis.A prática de exercícios, de intensidade moderada, durante meia hora por dia é suficiente para que o cidadão deixe de ser sedentário.Quando se fala em exercícios, o mais importante é que você pratique alguma atividade que se adapte ao seu estilo de vida e que seja do seu agrado. Caso contrário, são muitas as chances de interrupções.

    Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia


    © 2014 | Todos os direitos reservados www.transformaresaude.com.br

    desenvolvimento de site em Araraquara