Conheça os riscos ao seu corpo e encontre saídas para manter a saúde em dia, evitando e tratando problemas.

O sedentarismo é caracterizado pela falta de atividades físicas. Esse perigoso costume é visto com um dos grandes males do século e atua de forma discreta, porém pode ser muito prejudicial ao seu corpo. De acordo com um estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), o sedentarismo é o segundo maior fator de risco de mortalidade, apenas uma posição atrás do tabagismo.

Embora seja um fator de risco, cerca de 47% dos brasileiros não praticam exercícios físicos regularmente e durante a pandemia estes números aumentam drasticamente. As novas diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendam de 150 a 300 minutos de atividades físicas semanais como forma de prevenção. A prática regular ajuda no controle de doenças cardíacas, câncer e diabetes tipo 2, além de ser um fator fundamental para a saúde mental.

O COVID-19 trouxe com ele o tédio, a preocupação e o medo, fatores responsáveis pelo aumento de casos de ansiedade e depressão. De acordo com a pesquisa da  Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), os números preocupam. 89,2% dos psiquiatras notaram agravações nos sintomas dos pacientes, assim como 70% dos profissionais afirmam terem realizado novas consultas em indivíduos que nunca indicaram sintomas psiquiátricos, e os 47,9% dos médicos ainda narram um aumento no número de consultas.

Ao observar este crítico cenário, é importante seguir as orientações dos órgãos de saúde competentes para reduzir os danos durante um momento ímpar na história, podendo ainda ser visto como um momento positivo para mudanças de hábito. Um guia de exercícios foi publicado em 2020 pela OMS. Neste artigo, a recomendação para adultos é a combinação de diferentes tipos de exercícios que fortaleçam a musculatura e atuem em todos os grupos musculares. Já para pessoas com 65 anos ou mais o ideal seriam atividades que trabalhem o equilíbrio funcional e o treinamento de força para aumentar a capacidade funcional, evitando quedas. Crianças e gestantes também não devem se abster de exercícios.

A Transformare® oferece, em um ambiente seguro, tudo o que é necessário para fugir do sedentarismo, alcançando a longevidade. O Pilates praticado em nosso espaço é realizado apenas após uma avaliação onde uma fisioterapeuta irá analisar as suas necessidades para que o melhor exercício seja indicado para o paciente. É uma ótima opção para seguir as indicações da OMS, pois o Pilates trata-se de um procedimento que atua em todos os grupos musculares, combatendo e prevenindo o corpo contra doenças crônicas, fortifica a saúde mental e proporciona maior sustentação.

Que tal agendar uma avaliação na Transformare e fugir deste risco?

× WhastApp